Economia

Foto: Aldemar Ribeiro Praia da Graciosa é um dos pontos turisticos da capital Palmas Praia da Graciosa é um dos pontos turisticos da capital Palmas
  • Memorial Prestes, um dos atrativos da capital  - Foto - João Di Pietro
  • Cachoeira do Registro em Aurora do Tocantins - Foto - Elson Caldas

Para fortalecer o segmento do turismo no Tocantins um total de R$ 30 milhões em crédito bancário está disponível para 2009 visando a estruturação e modernização das empresas do comércio turístico. Os recursos são disponibilizados pelo Banco da Amazônia no Tocantins (BASA) e Caixa Econômica Federal (CEF).

A Adtur - Agência de Desenvolvimento Turístico do Estado do Tocantins tem desenvolvido parcerias com o Banco da Amazônia e a Caixa Econômica Federal com foco para um turismo sustentável no Estado. “O aumento do crédito para o turismo é uma oportunidade para o empresário melhorar e ampliar seus equipamentos, além de gerar mais emprego e renda”, declara a presidente interina da Adtur, Regina Reis, ao ressaltar que os investimentos representam um avanço para a economia do Tocantins.

De acordo com o coordenador da área operacional da Superintendência Regional do Banco da Amazônia no Tocantins, Samuel Neves, a instituição tem para este ano um montante de R$ 5 milhões disponíveis em linhas de crédito em diversos segmentos, como por exemplo para construção de hotéis, aquisição de ônibus, micro-ônibus e equipamentos náuticos.

Ele ressalta que em Palmas vários hotéis já receberam créditos do Banco da Amazônia, entre os quais o Victória Plaza, o Lunarte Hotel e o Pousada das Artes. “Há recursos disponíveis para investimentos em atrativos turísticos e culturais”, assegura.

Na Caixa Econômica Federal, tanto empresários quanto usuários do turismo (pessoas físicas), podem conseguir crédito com a finalidade turística. Um exemplo é que para este ano um total R$ 25 milhões está disponível para crédito. Em 2008, foram investidos R$ 6,6 milhões em infraestrutura e melhoria das praias. Esse valor refere-se apenas à verba oriunda do Ministério do Turismo.

Otimista, o superintendente da Caixa no Tocantins, José Messias de Souza, diz que a expectativa é de crescimento no volume de negócios. “Em 2008 já fizemos convênio com associações e apoiamos também a instalação do Convention & Visitors Bureau. Uma novidade para esse ano é que temos taxas diferenciadas do mercado nesse segmento”, anunciou ele.

Benefícios

Contabilizando resultados, o gerente do Hotel Pousada das Artes Wellington Rebelo, diz que o crédito bancário foi essencial para a instalação da empresa na capital. “Apresentamos o projeto e o banco aprovou”, diz ele, lembrando que uma das vantagens foi o prazo alongado.

Para informações sobre financiamentos os interessados podem procurar as agências bancárias ou acessar o site: www.bancoamazonia.com.br , ou caixa.gov.br.

Da redação com informações da Secom