Estado

Foto: Divulgação Panorâmica do Canteiro de obras da UHE Estreito - margem esquerda - Aguiarnopolis Panorâmica do Canteiro de obras da UHE Estreito - margem esquerda - Aguiarnopolis
  • Panorâmica do Canteiro de obras da UHE Estreito - margem direita - Estreito

Neste domingo, 15 de fevereiro, o canteiro de obras da Usina Hidrelétrica Estreito (UHE Estreito), um dos maiores projetos de geração de energia elétrica em construção no Brasil, completa dois anos de sua instalação.

Dividido pelo rio Tocantins, o canteiro de obras da UHE Estreito possui 1.300 hectares de área e é uma verdadeira cidade dentro dos municípios de Estreito (MA), margem direita, e Aguiarnopólis (TO), margem esquerda, onde moram e trabalham mais de cinco mil pessoas.

Para atender toda essa população, o canteiro conta com uma infra-estrutura de causar surpresa para quem nunca visitou uma obra dessa natureza. São três refeitórios, 33 alojamentos, escritórios, ambulatórios médicos, áreas de vivência que disponibilizam aos trabalhadores sala de jogos, salão de cabeleireiro, loja de confecção, academia de ginástica, lanchonete, caixa 24hs de banco, fábrica de concreto, fábrica de gelo, lavanderia, viveiro de mudas, salas de TV, aterro sanitário e estação de tratamento de esgoto.

O canteiro atualmente passa por ampliações e ainda neste mês inaugurará uma nova fase da área de lazer que contará com sala de cinema, biblioteca, duas quadras poliesportivas, mais duas salas de aulas para a escola de produtividade (alfabetização), novas lojas de departamentos e palco para shows.

Para execução da atual fase da obra, denominada fase 2, estão mobilizados cerca de 6.000 trabalhadores que utilizam uma grande quantidade de equipamentos e máquinas industriais necessárias para execução de obras civis de grande porte como é o caso da usina.

Até agora já foram utilizados no canteiro de obras da Usina, 55.740 toneladas de cimento, 233.000 toneladas de areia, 271.000 toneladas de brita, 225.000 m³ de concreto e mais de 13.000 toneladas de aço.

A Usina Hidrelétrica Estreito terá a capacidade para gerar 1.087 megawatts de energia, o suficiente para o abastecimento de uma cidade com 4 milhões de habitantes contribuindo para o fornecimento da energia necessária ao desenvolvimento socioeconômico do país e a melhoria da qualidade de vida da população.

Paralelo aos trabalhos realizados no canteiro, a UHE Estreito desenvolve ações ambientais e sociais na região.

A Usina de Estreito é uma obra com investimentos da ordem de R$ 3,6 bilhões e faz parte do Plano de Aceleração do Crescimento do Governo Federal, o PAC. A previsão é que o enchimento do reservatório seja iniciado no segundo semestre de 2010 e no mesmo ano comece a operar a primeira das oito turbinas geradoras de energia.

Fonte: Assessoria de Imprensa UHE Estreito

 

 

Por: Redação

Tags: Aguiarnópolis, Estado, Estreito, PAC, UHE Estreito, Usinas