Geral

Foto: Divulgação

A Usina Hidrelétrica Estreito (UHE Estreito) recebeu, recentemente, os membros do Comitê de Co-Gestão de Goiatins, um dos 12 municípios da área de abrangência do empreendimento. O grupo, formado por 15 pessoas, teve a oportunidade de conhecer o andamento das obras civis da Usina de Estreito, que se encontra na fase dois, compreendendo a concretagem do vertedouro, bem como da casa de força, estrutura onde vão ficar as turbinas geradoras da UHE Estreito.

Na visita, os representantes do Comitê de Co-Gestão de Goiatins verificaram de perto as obras da casa de força, localizadas na margem direita da usina, no Município de Estreito. Antes de se deslocar para o mirante do canteiro, o grupo assistiu a um vídeo institucional do Consórcio, concessionário da UHE Estreito, como também conferiu uma breve apresentação sobre a história da geração de energia do país e sobre a Usina de Estreito, que é uma das maiores em construção no Brasil.

Entre os visitantes estava o Prefeito de Goiatins, Neodir Saorin, que pela primeira vez visitou as obras da UHE Estreito. “Foi bom conhecer a Usina de Estreito que é um empreendimento importante não só para o Tocantins e para o Maranhão, como também para todo o país que necessita de energia para gerar mais empresas e, consequentemente, mais empregos”, ressaltou o Prefeito.

Outro que ficou satisfeito de visitar as obras da UHE Estreito foi o representante da Associação de Desenvolvimento Comunitário de Goiatins (Adescog) e membro do Comitê, Ireno Soares Noleto. “É interessante conhecer a viabilidade do empreendimento. Para nós que fazemos parte do Comitê de Co-Gestão foi muito importante ter vindo até aqui para se inteirar melhor sobre as obras e, assim, poder repassar para a nossa comunidade”, disse Ireno Noleto.

Os visitantes foram recebidos pela Gerente de Projetos Econômicos do Ceste, Cassandra Gelsomino Molisani, que deu as boas vindas aos membros do Comitê. “O Consórcio promove constante diálogo com a comunidade, principalmente, por meio dos Comitês de Co-Gestão, que representam um dos instrumentos de comunicação entre a UHE Estreito e as populações envolvidas”, destacou.

O Comitê de Co-Gestão de Goiatins é um dos mais novos da UHE Estreito. Ele foi criado durante a quarta rodada de reuniões do Comitê, realizada no mês passado.

Fonte: Assessoria de Imprensa CESTE/UHE Estreito