Polí­tica

Por unanimidade, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassou na sessão plenária de quinta-feira, que entrou pela madrugada desta sexta-feira, 26, o mandato do governador do Tocantins Marcelo Miranda (PMDB) e de seu vice Paulo Sidnei (PPS), por abuso de poder político em 2006.

O Tribunal decidiu, no entanto, que a saída de Marcelo Miranda do cargo somente será efetivada após a Corte julgar os eventuais recursos (embargos de declaração) que podem ser apresentados contra a cassação.

As novas eleições no Estado serão indiretas e o novo governador será eleito pela Assembleia Legislativa dentro do prazo de 40 dias após o afastamento definitivo do governador. Neste período o presidente da Assembleia Legislativa, Carlos Henrique Gaguim (PMDB), assume o governo. Marcelo Miranda e Paulo Sidnei não poderão concorrer.

Da redação com informações TSE

Por: Redação

Tags: Marcelo Miranda, Política, Rced, Recurso, TSE