Estado

Foto: Mariana Di Pietro

O subsecretário de Representação do Tocantins, Antonio Guerra, esteve na Secretaria de Política Nacional de Transportes do MT - Ministério dos Transportes para discutir o Termo de Referência do PELT - Plano Estadual de Logística de Transportes de Cargas para o Tocantins, na tarde desta segunda-feira, 13, em Brasília.

O Termo de Referência foi elaborado pela Secretaria de Representação, baseado no plano de intermodalidade (rodovia, ferrovia, hidrovia e aerovia) previsto para o Estado. O documento foi enviado para análise do ministério, em junho deste ano, para ser adequado ao PNLT – Plano Nacional de Logística de Transportes, do governo federal.

No encontro, a equipe técnica da Secretaria de Política Nacional de Transportes afirmou ter analisado o documento e deve encaminhar sugestões para a secretaria ainda nesta semana.

Os Estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Bahia, Minas Gerais e Pará também estão elaborando seus PELTs. De acordo com o secretário de Política Nacional de Transportes, Marcelo Perrupato, o PELT do Tocantins é importante pelo fato de o Estado estar numa rota de comércio internacional. “O Tocantins, na minha opinião, vai viver uma era de muita prosperidade com uma infraestrutura de alta capacidade e de excelente qualidade. Sob esse aspecto, o Ministério dos Transportes está totalmente à disposição do Estado para ajudar com os instrumentos de planejamento, as ferramentas desenvolvidas e com o apoio da USP - Universidade de São Paulo e da FIP - Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (que elaboraram o PNLT)”, afirmou.

O subsecretário de Representação avaliou o encontro como positivo, pois o MT se mostrou disposto a trabalhar em conjunto com o Estado.”A opinião unânime é de que o Tocantins tem uma grande responsabilidade para que o corredor Centro-Norte de Exportação não se torne apenas uma via de passagem pelo Estado. Esse corredor multimodal é de grande importância econômica regional, nacional e internacional”, disse Guerra.

O coordenador técnico da Representação, Paulo Martorelli, e o vice-presidente da ANUT – Associação Nacional dos Usuários do Transporte de Carga, almirante José Ribamar Miranda Dias, acompanharam a reunião.

Grupo de Trabalho

O subsecretário e o coordenador técnico da Representação, a convite do vice-presidente da ANUT, deverão participar da reunião do GT – Grupo de Trabalho de Hidrovias, que compõe a CT LOG – Câmara Temática de Logística de Transportes do MAPA - Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, nesta terça-feira, 14, às 8h, na sede do MAPA, para discutirem os diversos pontos de vista sobre o desenvolvimento da Hidrovia do Rio Tocantins.

Fonte: Secom