Polí­tica

Foto: Divulgação

A Executiva Estadual do PT reuniu nesta sexta-feira, 18 de setembro, em Palmas com a presença de representantes das tendências internas do PT. Em pauta, conjuntura estadual e as eleições internas do PT.

Para os membros da Executiva Estadual do PT, a decisão do partido em se colocar, através resolução nº 09, contra o projeto de lei nº 57/2009, agora lei nº 2.143/09, que regulamenta as eleições indiretas, foi acertada. Para a legenda, a lei é inconstitucional, pois desrespeita a Constituição Federal, o princípio do pluralismo político e usurpa o direito dos partidos participarem deste processo eleitoral.

Donizeti Nogueira, presidente estadual do PT, informou que procurou o presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Júnior Coimbra para colocar o posicionamento do PT e recebeu dele a informação de que a Assembleia aguarda o resultado dos estudos sobre a lei que está sendo feito pelo Superior Tribunal Eleitoral, para depois dar encaminhamentos às eleições indiretas.

Nogueira informou que está convocando os membros do diretório, que são no total 42, para uma reunião em Palmas, no dia 27 de setembro, para aprovar resoluções de orientação a militância partidária. Também estará na pauta, à decisão da executiva que expulsou no dia 13 de julho o deputado estadual, Manoel Queiroz, que descumpriu a resolução nº 04-2009, aprovada em reunião do Diretório Estadual realizada no dia 29 de junho em Palmas.

Eleições Internas

Quanto às eleições internas do PT, estão inscritos para a disputa da presidência estadual: Walter Balestra, Rosely Andrade, Jozafá Maciel e Donizeti Nogueira, com suas respectivas chapas. A Comissão eleitoral vai realizar debates nas macros regionais para mobilizar os filiados que irão as urnas no dia 22 de novembro.

Fonte: Assessoria de Imprensa PT

Por: Redação

Tags: Donizeti Nogueira, Política, PT