Geral

Foto: Divulgação

Em assembleia geral realizada na tarde de ontem, quarta-feira, dia 30, no auditório da Unitins em Palmas, professores, servidores e técnicos da Instituição, que compõem o Movimento Pró-Unitins, decidiram aprovar a proposta de engajar os políticos do Estado para criação da Universidade Pública preservando: autonomia universitária, reestruturação da Unitins e inserção no orçamento público estadual.

A decisão foi aprovada praticamente por unanimidade pelos presentes, que rejeitaram a outra opção, que era no sentido de reverter o descredenciamento, mantendo o modelo atual de parceria com instituição privada para o oferecimento da educação a distância.

As próximas ações do Movimento Pró-Unitins serão uma reunião com a Comissão de Educação, Cultura e Desporto da Assembleia Legislativa e um ato público em defesa do ensino superior público, gratuito e de qualidade.

Da redação com informações Movimento Pró-Unitins

Por: Redação

Tags: Educação, Movimento Pró-Unitins, Unitins