Geral

O médico e ex-prefeito do Monte do Carmo, Condorcet Cavalcante Filho (Dr. Condin) se sensibilizou com as vítimas do terremoto no Haiti e solicitou do governador do Tocantins Carlos Henrique Gaguim (PMDB), a viabilização da ida dele para aquele país, “conversei com o governador Gaguim por telefone, solicitando dele a minha ida para o Haiti, como médico cirurgião voluntário para trabalhar nos atendimentos das vitimas do terremoto, o governador de imediato, fez contato com seu assessor para acionar o ministério da defesa para viabilizar o nosso deslocamento” disse Condin.

O terremoto de 7 graus na escala Richter aconteceu às 19h53 de Brasília da terça-feira e teve epicentro a 15 quilômetros de Porto Príncipe, a capital do país.

Estima-se que aproximadamente 200 mil haitianos tenham morrido com o terremoto, dentre eles, 17 brasileiros confirmados até o momento, entre soldados da força de paz do exército brasileiro, que se encontra no país, um diplomata brasileiro, que servia na Organização das Nações Unidas (ONU) e Zilda Arns, fundadora da Pastoral da Criança.

O Haiti seria o 11º país a receber a Pastoral da Criança e os padres e seminaristas que participavam da palestra com Zilda Arns tinham a intenção de abrir suas igrejas para receber o trabalho.

Por: Rogério Ribeiro (colaboração)

Tags: Condorcet Cavalcante, Haiti, Monte do Carmo, Terremoto