Estado

Foto: Divulgação

Foi sancionado pelo presidente Lula esta semana, o Orçamento Geral da União (OGU). R$ 1.046 bilhão estão direcionados para o início das obras da ferrovia Leste-Oeste, que interligará Ilhéus (BA) a Figueirópolis (TO). A ferrovia terá extensão de 1.516 quilômetros, dos quais 1,1 mil serão em terras baianas.

A ferrovia será utilizada para exportação de grãos e minérios e, também, poderá transportar passageiros. Uma das empresas que utilizarão a estrutura será a Bahia Mineração. O minério de ferro extraído em Caetité pela companhia será transportado para Ilhéus, até o porto Sul, tendo como destino o mercado externo.

A região sudeste do Tocantins e o oeste baiano, rico em produção de soja, serão amplamente beneficiados com a construção que cruzará com a ferrovia Norte-Sul, que está com ritmo acelerado e já está chegando a Palmas (TO), com previsão para chegar a Anápolis no final do ano.