Cultura

Foto: Divulgação

Tradição, cultura e diversidade são ingredientes que prometem animar o carnaval tocantinense, incentivando o turismo e impulsionando a economia. Em todo o Estado, a programação da Festa de Momo deve agradar a todos os públicos entre os dias 12 e 16 de fevereiro.

A ADTUR – Agência de Desenvolvimento Turístico do Tocantins participará aplicando a Pesquisa Perfil da Demanda Turística e cobertura jornalística e fotográfica do evento. Conforme o presidente do órgão Wylkyson Gomes de Sousa, a ideia é identificar e divulgar as potencialidades de cada região turística nesta época do ano.

“Vimos a necessidade de investimentos nessas regiões e é primordial fazermos estudos para sabermos as necessidades dos turistas que visitam esses locais”, ressaltou. Para ele, a ampliação do acervo fotográfico, a publicidade dos destinos e as pesquisas fortalecem a captação de recursos junto ao MTur – Ministério do Turismo.

Tradição

Considerada a “Cidade das Colinas”, Arraias, a 413 km de Palmas, possui um dos mais tradicionais carnavais de rua do Estado. A folia começa no sábado, 13, pela manhã, com o secular Entrudo – brincadeira onde os foliões saem às ruas e casas da cidade molhando com água quem encontram pela frente. Tudo ao som de marchinhas e ritmos alegres tocados pela banda da Polícia Militar.

Segundo o secretário municipal de Cultura, Itamar José da Costa, além do circuito da folia, Arraias mantém vivo o costume de realizar bailes nos clubes, mais um atrativo para quem deseja dar uma esticada nas noites carnavalescas.

Em Dianópolis, ou “Cidade das Dianas”, a 314 km da capital, o Entrudo também é preservado, mas o diferencial são os blocos, como Bat-Xô, Jeguerê e Bostoró. Há blocos que não concorrem, mas reforçam a identidade cultural da cidade, como o das crianças, da Melhor Idade, “Robertinhas”, os “100% Ordinários” e o bloco dos “Caretas”.

Bandas nacionais e locais darão o ritmo da festa e a Orquestra de Sopro é um atrativo a mais para a preservação da memória folclórica. Durante o carnaval, o turista monta vasta estrutura no circuito da folia, além de culinária típica, artesanato e lazer.

À beira do Araguaia

Em Araguatins (601 km de Palmas), o carnaval de rua é um dos principais da região do Bico do Papagaio. A paisagem de fundo é o rio Araguaia, que contagia turistas do Tocantins e dos vizinhos estados do Maranhão e Pará.

Seis blocos carnavalescos e uma escola de samba – Unidos do Sossego – prometem agitar a festa. Na programação, os grupos Nanabanda, Capim Canela, Ravelly, Tagarela e Dendê Bahiano.

Também no Norte do Tocantins e à margem do rio Araguaia, a cidade de Xambioá tem um dos mais animados carnavais da região, começando na manhã da sexta feira, 12, na Avenida Araguaia. Desfilarão blocos de escolas estaduais e municipais com temas como drogas e violência, álcool e trânsito, doenças sexualmente transmissíveis e prostituição.

O conhecido “Bloco das Piranhas” (homens vestidos de mulher), estará presente à festa, concorrendo a prêmios que chegam a R$ 2 mil. Bandas locais e nacionais, trios elétricos e DJ’s ditarão o ritmo. O túnel especialmente reservado para crianças fantasiadas é atração à parte.

Multicultural

Referenciada como o berço cultural do Tocantins, a histórica Porto Nacional (50 km da capital) diversificará a Folia de Momo com a preservação da memória portuense refletida no folguedo “O Auto da Buiuna e os Bonecos Gigantes”. O multiculturalismo será representado pelos blocos de carnaval, bandas regionais e nacionais.

A cidade de Gurupi, no centro sul do Tocantins, promete manter a tradição dos grandes carnavais. Em 2010, o carnaval da ‘Capital da Amizade’ será realizado na avenida Goiás e terá como principais atrações a banda Patchanka e o cantor Netinho, ambos da Bahia.

Clube da Melhor Idade

Em Palmas, além do já conhecido carnaval da Praia da Graciosa, um baile promovido pelo Clube da Melhor Idade “Viva a Vida” será ritmado por alegres marchinhas. O evento acontece a partir das 21 horas do sábado, 13, no clube da Assefa – Associação dos Servidores da Secretaria da Fazenda. A Adtur apoia a iniciativa do grupo, que é associado à ABCMI – Associação Brasileira do Clube da Melhor Idade, seccional Tocantins. O evento quer resgatar sucessos de grandes nomes da música brasileira, como Ary Barroso, Carmem Miranda, Dalva de Oliveira e Sílvio Caldas.

Fonte: Secom