Polí­tica

Em mais uma sessão esvaziada nesta quinta-feira, 4, a deputada estadual Luana Ribeiro (PR) falou sobre as movimentações políticas, além das expectativas de seu partido para as eleições deste ano.

De acordo com a parlamentar, o afastamento de Marcelo Lelis (PV) da base do governo não causou estranheza. “Isso já era previsto, por ser ano eleitoral. Eu vejo o processo com muita naturalidade.” relatou em entrevista coletiva, lembrando o caso ocorrido na última segunda-feira, 1º. Na ocasião, o deputado do PV entregou carta ao governador Gaguim (PMDB) retirando seu nome da base aliada do Governo e o de seu irmão, Fábio Lelis da secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos.

Ainda segundo a deputada, seu partido ainda não decidiu com quem se aliar para o pleito de 2010. Segundo ela, o PR está aberto para conversar com todas as frentes políticas do Estado. De acordo com Luana, “o próprio presidente do PMDB (Osvaldo Reis) disse que estava aberto à conversações”, deixando seu partido livre para fazer o mesmo.

Sobre a desistência de seu pai e correligionário João Ribeiro (PR) a deputada deixou claro sua vontade. “Por mim ele teria saído candidato (ao Governo), mas somos um grupo e política é resolvida em grupo”, afirmou Luana. João Ribeiro desistiu, na semana passada, de concorrer ao Governo do Tocantins para tentar a reeleição ao Senado Federal, decisão que deixou a disputa pelo poder no Tocantins ainda mais em aberto.