Geral

Foto: Wilson Ribeiro

Gestantes, portadores de doenças crônicas – com exceção dos idosos com 60 anos ou mais que serão vacinados em outra etapa – e crianças de 06 meses a 2 anos incompletos serão os próximos a receberem a vacina contra a Influenza A (H1N1), a partir desta segunda-feira, 22, em todos os postos de saúde do Estado. Após os profissionais de saúde e a população indígena, estes grupos foram considerados os mais vulneráveis à gripe, segundo a OMS – Organização Mundial de Saúde e o MS – Ministério da Saúde. Esta será a segunda etapa dessa estratégia de vacinação que pretende imunizar até o final de todas as etapas cerca de 800 mil pessoas no Tocantins.

Esta etapa segue até o dia 02 de abril para a população com doenças crônicas e para as crianças de 06 meses a 2 anos incompletos e até o dia 21 de maio para as gestantes. Para ser vacinado o cidadão que se enquadrar nesses grupos deve procurar uma unidade de saúde no período indicado portando documento de identificação. Vale ressaltar que a vacina é contra-indicada a quem tem alergia a ovo.

A Sesau – Secretaria de Estado da Saúde convoca toda a população específica desta etapa para comparecer nas unidades de saúde e se imunizar contra a doença. A diretora de Vigilância Epidemiológica da Sesau, Perciliana Bezerra, lembra que só com a participação, o entendimento e a compreensão da população é que conseguiremos reduzir drasticamente a circulação do vírus no nosso Estado e consequentemente reduzir a morbimortalidade em decorrência da Influenza A.

A primeira etapa, cujo público-alvo são profissionais de saúde e população indígena, encerra nesta sexta-feira, 19.

Estratégia

Desde o dia 08 de março está sendo realizada em todo o país a estratégia nacional de enfrentamento contra a segunda onda pandêmica da Influenza A (H1N1), definida pelo MS – Ministério da Saúde, levando em conta recomendações da OMS – Organização Mundial de Saúde, os dados epidemiológicos observados na primeira onda da pandemia no Brasil e a experiência dos países do Hemisfério Norte.

Como não há como conter a doença, o objetivo da estratégia não é a vacinação em massa, mas sim por grupos prioritários em diversas etapas, dos quais fazem parte a população que tem o maior risco de desenvolver formas graves da doença e de morrer. Estes públicos foram definidos em parceria com representantes de sociedades científicas, estados e municípios e entidades de classe.

A terceira etapa começa dia 05 de abril e contemplará a população adulto jovem de 20 a 29 anos. Além dos públicos já citados, essa estratégia de vacinação atenderá idosos com 60 anos ou mais que sejam portadores de doenças crônicas e pessoas de 30 a 39 anos.

Os municípios e cidadãos que tiverem alguma dúvida ou desejarem mais informações podem entrar em contato com a Coordenação de Imunizações da Sesau pelos telefones: 0800 63 1002 (ligação gratuita) / (63) 3218-1783/ (63) 3218-1784 ou pelo e-mail: imunizacao@saude.to.gov.br.

Fonte: Secom

Por: Redação

Tags: Gripe A, Saúde, Vacinação