Geral

Foto: Marcio Vieira

Aconteceu na manhã deste sábado, 8, no stand da Secretaria Estadual de Recursos Hidricos e Meio Ambiente (SRHMA) na Agrotins, a assinatura da 2ª licitação do Projeto São João, pelo governador Carlos Henrique Gaguim (PMDB). Na ocasião estiveram presentes, além do governador, o secretário de Recursos Hídricos e Meio Ambiente, Clemente Barros, o líder do PMDB na Assembleia Legislativa, deputado Iderval Silva e demais membros do governo.

Após a assinatura da licitação, o governador se encontrou com a primeira-dama, dona Rose Amorim para participarem de leilão beneficente organizado pela Seagro, cuja arrecadação será destinada ao gabinete da primeira-dama para doação a entidades de apoio social.

Em entrevista antes do início do leilão, o governador afirmou que existem muitas pessoas querendo trabalhar com o governo. “Vamos convidar todos a trabalharem com a gente”, informou.

Gaguim afirmou que, mesmo em período de campanha, não pretende abandonar seu trabalho à frente do governo do Estado. O governador destacou que ele e sua equipe estão montando uma estratégia para que a campanha possa ser conciliada com os projetos do governo.

Comissionados

O governador destacou que 99% dos funcionários comissionados do governo estão trabalhando efetivamente em seus cargos. Segundo Gaguim, são funcionários que prestam serviço “à polícia, nas Apaes e em casas de apoio”.

Durante seu pronunciamento, Carlos Gaguim voltou a se mostrar apreensivo com relação ao julgamento da ADI movida pelo PSDB para a demissão desses funcionários. O processo tramita no Supremo Tribunal Federal (STF) e pode entrar em julgamento a qualquer momento. “Estou apreensivo, como todos os comissionados”, informou o governador.