Polí­tica

Foto: Divulgação

Líderes da juventude evangélica reuniram-se nesta manhã de quinta-feira, 13, na sede do PSDB, com o pré-candidato a governador do Tocantins, Siqueira Campos. O grupo manifestou preocupação com o uso de drogas entre os jovens tocantinenses. “Queremos não apenas declarar o nosso voto de confiança para que o senhor volte ao governo, mas queremos fazer parte desse projeto, já que nossa juventude está hoje sem segurança e sem incentivo para ter uma conduta fora do vício das drogas”, disse o pastor de jovens, Fábio Costa Martins. O grupo lamentou, ainda, a falta de atenção com o turismo.

As lideranças representam diversas congregações. “Mas todos estão unidos em um único projeto: evangelizar crianças e jovens e resgatar os que estão sofrendo envolvidos com vícios”, disse o pastor Fábio. Ele argumenta que o governo precisa oferecer os meios para a população ter segurança e garante que os princípios da igreja podem ajudar a sociedade e o governo. “Quando Siqueira Campos governou, sobrava mais dinheiro para investir. Hoje o Estado tem um orçamento triplicado e não há trabalho em prol da população, do desenvolvimento”, comparou.

No encontro, o pastor citou Provérbios, capítulo 29, versículo 2 da Bíblia, que diz: “Quando o justo governa, o povo se alegra.” Destacou que o justo não governa para segmentos específicos, mas para todos. “Infelizmente nós não vemos isso com o atual governo do Estado”, criticou.

Ricardo Matos, outro líder presente na reunião, falou sobre o empenho dos jovens em promover ações que colaborem com a melhoria da vida da população tocantinense. “Podemos ser agentes de transformação, não apenas com nossos votos, mas como pessoas dispostas a trabalhar, colocar a mão na massa e fazer o Tocantins voltar a prosperar”, declarou.

Siqueira Campos elogiou a postura do grupo diante da preocupação com os vícios e disse que, graças à sua juventude preservada do uso do álcool, de cigarro e de drogas, ficou livre de doenças e tem a saúde forte. Ressaltou que o Estado foi criado para ser um belo exemplo, assim como sua capital. “A coluna mestra de sustentação desse projeto é a palavra de Deus. Não há condições de as pessoas estarem presentes na vida pública sem exercitar o amor ao próximo, como Jesus nos ensinou.” Por fim, o pré-candidato afirmou que a juventude tocantinense não pode viver sem perder a esperança e o olhar no futuro.

Fonte: Assessoria de Imprensa PSDB