Geral

Foto: Divulgação

Em entrevista ao Conexão Tocantins, na manhã desta sexta-feira, 14, o ex-secretário de governo da Prefeitura de Palmas, e pré-candidato a deputado federal, Darci Coelho (PT), negou as especulações em torno da possível desistência de sua candidatura, caso o PT não coligue com o PMDB do governador Carlos Gaguim.

Coelho foi categórico ao informar que a sua candidatura foi muito bem pensada e que não existe a possibilidade de desistência. O ex-secretário afirmou ainda que não possui outra pretensão para as eleições deste ano, além da Câmara Federal. “Não há hipótese de desistência. Sou candidato a deputado federal e só. Só federal, nada de outra coisa”, completou.

O ex-secretário de governo de Palmas afirmou ainda que neste momento está realizando articulações internas no PT para a viabilização de sua candidatura. “Estou fazendo caminhada dentro do partido”, frisou.

Paulo Mourão

Sobre o pré-candidato do PT ao governo do Estado, Paulo Mourão, Darci Coelho ressaltou que sua postura como candidato ao Palácio Araguaia está confirmada. O petista classificou a candidatura de Mourão como “definitiva e irreversível”. O petista destacou que Paulo Mourão tem visitado todas as cidades do Tocantins para conversar com as lideranças municipais do partido.

Segundo Coelho, o Partido dos Trabalhadores se mantém como sigla forte no Estado, tendo representantes em prefeituras de cidades importantes do Tocantins como Colinas e Guaraí, além de Palmas. Sobre a capital do Estado, inclusive, o pré-candidato frisou que por ter Raul Filho (PT) como prefeito, o partido poderá contar com cerca de 15% do eleitorado estadual.

Alianças partidárias

Darci Coelho ressaltou a força e o otimismo do PT ao destacar que o partido vai para a corrida eleitoral, mesmo que seja em uma chapa “puro-sangue”, sou seja, sem o acompanhamento de nenhum outro partido. “Sou candidato a federal e o PT mantém sua candidatura ao governo com coligação ou sem coligação”, destacou.