Geral

A batata doce teve a maior variação de preços na pesquisa de valores da Cesta Básica realizada pelo Núcleo Regional do Procon de Palmas, no período de 04 a 06 de julho. A batata apresentou o menor valor de R$ 0,49 e o maior valor de R$ 1,59 e uma variação de 224,49%.

O jiló ficou no segundo lugar na variação de preços, com o menor valor de R$ 0,99 e o maior de R$ 3,10, com variação de 213,13%. A manga também apresentou preço alto, sendo a unidade com o menor valor de R$ 1,29 e o maior valor R$ 3,45, com variação de 170,54%.

A pesquisa foi realizada em sete supermercados de Palmas, avaliando os valores de 50 produtos, classificados como hortifrutigranjeiros, higiene pessoal, produtos de limpeza e higiene.

Dos produtos que apresentaram estabilidade de preço, um deles é a carne de 2ª músculo sem osso, que teve uma variação de 23,00%, com o menor valor de R$ 6,48 e o maior R$ 7,99. O biscoito tipo rosquinha, embalagem de 800 gramas, teve uma variação de 25,06%, com o menor valor de R$ 3,99 e o maior valor de R$ 4.99.

A pesquisa de preços do Procon comprova que os consumidores devem pesquisar antes de comprar e de preferência optar pelas frutas da época. Outra forma de economizar é aproveitar as promoções, neste caso, os consumidores devem observar a data de validade dos produtos e sua qualidade.

Fonte: Assessoria de Imprensa Seciju

Por: Redação

Tags: Cesta Básica, hortifrutigranjeiros, Procon