Geral

Foto: Kleiber Arantes

Fontes do Conexão Tocantins informaram que no grupo governista uma articulação vem sendo feita para que o ex-governador Marcelo Miranda (PMDB) candidato ao Senado busque o apoio de ex-aliados do seu governo para a campanha do governador Carlos Henrique Gaguim (PMDB).

“Elas foram feitas politicamente no governo dele”, afirmou um membro da coordenação política do governador. Segundo a fonte, Marcelo iria procurar a ex-secretária de educação Dorinha Seabra (DEM) e ainda Valquíria Rezende, ex-secretária de Trabalho e desenvolvimento Social em busca de apoio.

Dorinha e Valquíria concorrem a uma cadeira na Câmara Federal e na Assembleia Legislativa, respectivamente, no entanto apóiam o candidato da coligação Tocantins levado à sério, Siqueira Campos.

Procurado pelo Conexão Tocantins, Marcelo afirmou que respeita as duas ex-aliadas mas argumentou que desconhece algum articulação em torno do apoio delas para o governador. “ Respeito as duas e a coligação que elas fazem parte”, disse lembrando o impedimento partidário para o apoio.

O ex-governador diz que os contatos que manteve com as ex-aliadas foram em virtude da amizade. “Somos amigos independentes de tudo”, disse.

Marcelo elogiou Dorinha e Valquíria e disse que ambas somariam muito na coligação Força do Povo encabeçada por Gaguim. “Ambas são bons valores e tem serviço prestado”, disse. “Todo apoio para nós nesse momento é bem-vindo”, completou.

O ex-governador tem ainda uma boa relação com o vereador de Palmas e marido de Dorinha, Fernando Rezende (DEM).

Dorinha está sem pendências jurídicas que impeçam sua candidatura no entanto a Procuradoria regional Eleitoral incluiu o nome da democrata na lista de políticos que não estão aptos para se elegerem esse ano.