Polí­tica

O candidato ao governo pela coligação Tocantins Levado a Sério, Siqueira Campos (PSDB), e aliados já somam aproximadamente 70% das representações que tramitam na Justiça Eleitoral, e que podem gerar multas. Até o momento, o tucano teve contra si quatro representações por propaganda antecipada, julgadas procedentes, nos valores de R$ 5 mil, R$ 10 mil, R$ 5 mil e R$ 5 mil cada uma, somando um total de R$ 25 mil.

Segundo o advogado da Assessoria Jurídica da Coligação Força do Povo, Sérgio do Vale, em uma das representações foi aplicado multa também ao PSDB. Outro candidato, desta vez ao senado, João Ribeiro, e o seu partido PR, tiveram seis representações julgadas procedentes, por terem veiculado propaganda antecipada em favor do candidato tucano. No total, a multa aplicada foi no valor de R$ 30 mil, sendo R$ 5 mil por representação.

O Partido Verde, que também compõe a coligação Tocantins Levado a Sério, foi penalizado com aplicação de multa por propaganda fora do prazo legal no valor de R$ 5 mil. Já o Democratas responde por duas multas aplicadas por propaganda extemporânea, num total de R$ 10 mil.

Para Vale, os números mostram o abuso na utilização de condutas não permitidas durante o período pré-eleitoral e eleitoral. O advogado explica que os candidatos e seus respectivos partidos da Tocantins Levado a Sério respondem juntos pela maioria das representações na Justiça.

Sérgio ainda comentou que “o juiz do TRE, Marcelo Albanez, registrou sua preocupação com a quantidade de ações que já estão tramitando na Justiça, independentemente de qual partido e candidato seja, em razão de ser ainda o início do processo eleitoral.”Além das representações citadas, o advogado informa que existem diversas ações aguardando julgamento, que podem gerar outras multas para Siqueira Campos e aliados.

Fonte: Assessoria de Imprensa Força do Povo