Polí­tica

Foto: Divulgação

Um grande número de lideranças de Araguaína esteve ao lado de Gerônimo Cardoso, vereador pelo PMDB, respaldando seu ato de apoio à candidatura de Siqueira Campos ao cargo de governador, na noite deste sábado, 31.

“Ando por Araguaína e vejo muitas pessoas sem ter o que comer, e são muitos municípios nesta mesma condição. O seu compromisso, governador, é grande, de resgatar muitas coisas que se perderam nos últimos anos e resgatar o orgulho dos tocantinenses”, disse Gerônimo, que é candidato a deputado estadual.

Gerônimo disse também que o grupo do governo tentou manter o seu apoio apresentando número de pesquisas eleitorais que sequer tinham sido realizadas. “Pesquisa que as pessoas do governo já sabiam o resultado antes de ser feita. Por que me falaram, dentro do Palácio, o resultado da pesquisa que ainda nem tinha sido feita?”, disse. “O grupo que eu fazia parte perdeu sua identidade”, completou Gerônimo Cardoso.

Após agradecer o apoio de Gerônimo, Siqueira Campos falou de sua intenção em voltar ao governo do Estado.

“Aos 82 anos eu volto pra servir a Deus, cuidando das pessoas, dos que estão abandonados, com os filhos nas ruas sendo aliciados por traficantes, principalmente do crack, que vicia ao experimentar, que é fabricada em fundo de quintal, que custa barato para que os jovens e nossas crianças tenham acesso e se deixem levar pelo vício com toda a conseqüência, que é uma ruína no ser humano e na sua família”, disse Siqueira.

Bastante emocionado por ser a véspera de seu aniversário, Siqueira falou da morte de sua mãe, dona Regina, aos 37 anos, sem assistência médica, sofrendo por sete dias antes de dar a luz a um de seus irmãos. Falou também da saudade que sente dos irmãos, de antigos amigos e disse das perseguições que sofreu em sua luta para criar o Estado.

Majoritários

Candidato a vice-governador, João Oliveira disse que o Palácio Araguaia “virou um balcão de negócios para a compra de lideranças”. Em contraponto, falou das qualidades de Siqueira. “É um homem de mãos limpas e ficha limpa, foi o homem que criou o Estado, construiu a capital e tem condições de resgatar a dignidade do povo tocantinense”, disse.

O senador João Ribeiro, candidato a reeleição, disse a Gerônimo Cardoso e aos demais que tenham disposição para seguir com Siqueira Campos nas caminhadas. “Pode se preparar, porque não é fácil. Ele tem uma saúde de ferro e uma disposição rara”, disse.

Vicentinho Alves, também candidato ao Senado, falou da visita do grupo ao Hospital Regional de Araguaína e da precariedade que encontraram.

“No Governo de Siqueira Campos Araguaína era uma referência na saúde para o Tocantins e para o Brasil, visitamos o Hospital Regional e vimos ali a falta de atenção de respeito e de dignidade da pessoa humana. Os profissionais bons, médicos, enfermeiros, trabalhadores em geral, sem a menor condição de exercer suas funções adequadamente. Mas faremos diferente”.

Fonte: Assessoria de Imprensa/Siqueira Campos

Por: Redação

Tags: Eleição 2010, Gerônimo Cardoso, Política