Polí­tica

O deputado federal e candidato ao Senado pelo Partido da República, Vicentinho Alves, rebateu nesta sexta-feira, 13, as afirmações do candidato à reeleição ao governo do Tocantins, Carlos Henrique Gaguim (PMDB), que durante debate realizado pela Band na noite de ontem, disse que ele e o senador João Ribeiro haviam sido tirados da gestão municipal de porto Nacional e Araguaina respectivamente por corrupção, pelo então governador Siqueira Campos hoje candidato à reeleição.

Vicentinho afirmou em carta aberta ao governador que ao longo de sua trajetória política nunca precisou “fugir de cidade alguma”. O candidato disse ainda que tem todas as contas aprovadas em todos os mandatos que exerceu e acusou Gaguim de ser leviano e faltar com a verdade.

Segundo Vicentinho, Gaguim agiu de forma covarde ao tentar macular sua dignidade perante o povo tocantinense e sua família. “O Sr. Gaguim não tem noção da competência das instituições, pois, na verdade, ele nem as respeita. Não sabe que a fiscalização de prefeitos compete não ao Governador, mas ao Tribunal de Contas do Estado”, disse.

Vicentinho ainda questionou o governador por ter se esquivado durante o debate de questionamento sobre o cartel de combustíveis praticado em Palmas. “ Ele esquivou-se em responder no debate”, disse.

Confira a íntegra da carta de Vicentinho Alves

CARTA ABERTA AO GOVERNADOR GAGUIM

Tenho vinte anos de vida pública.

É sabido por todos os tocantinenses que exerço mandatos, CONCEDIDOS PELO POVO, com extremo zelo, com respeito e honestidade. Diferentemente de quem herdou um mandato, como na época da ditadura militar, se tornando um Governador Biônico – que não foi escolhido pelo povo. Daí, por isso, comete estes absurdos.

Ao longo de minha trajetória política, nunca precisei fugir de cidade alguma, senhor Governador. Muito pelo contrário, na cidade em que nasci e me criei, há 52 anos, resido no mesmo local.

Tenho TODAS AS MINHAS CONTAS APROVADAS em todos os mandatos que exerci.

Ontem (12/08), no debate realizado na Band/Tocantins, o Sr. Carlos Gaguim foi leviano, faltou com a verdade e agiu de forma covarde ao tentar macular minha dignidade, perante o povo tocantinense, meus eleitores, minhas eleitoras, meus amigos e minha família.

O Sr. Gaguim não tem noção da competência das instituições, pois, NA VERDADE, ELE NEM AS RESPEITA. Não sabe que a fiscalização de prefeitos compete não ao Governador, mas ao Tribunal de Contas do Estado.

NÃO SOU CORRUPTO, SOU UM CANDIDATO FICHA LIMPA.

O que não posso dizer o mesmo sobre o governador Gaguim, que responde a processo por crime de receptação de carro roubado do Paraguai, no Superior Tribunal de Justiça, conforme Ação Penal nº 621.

Agora, como cidadão, além de candidato a Senador, continuo querendo saber do Sr. Gaguim sua resposta sobre o cartel de combustíveis praticado em Palmas, que ele esquivou-se em responder no debate de ontem.

O despreparo do Sr. Gaguim e suas más intenções são claras, como atestado no debate. Diferentemente do Governador Siqueira Campos, que mostrou equilíbrio, firmeza, coragem e propostas.

Por isso, repudio, veementemente, as declarações infelizes praticadas (como já são de praxe) pelo atual governador.

Vicentinho Alves

Senador

Por: Redação

Tags: Eleição 2010, Política, Vicentinho Alves