Polí­tica

Foto: Marcelo de Deus

Em entrevista ao Conexão Tocantins na manhã desta terça-feira, 24, a deputada Luana Ribeiro (PR) afirmou esperar que o ex-governador Marcelo Miranda (PMDB), candidato ao senado pela coligação “Força do Povo”, seja julgado e sua candidatura impugnada pelo Tribunal Superior Eleitoral nesta semana.

A deputada ressaltou que é favorável à aplicação da Lei conhecida como Ficha Limpa contra candidatos ainda este ano. De acordo com Luana, “a política está precisando de fato e de direito ser moralizada”. No entanto, a parlamentar lembrou que a justiça eleitoral já deu o entendimento que, mesmo sem a aplicação da Ficha Limpa, “ele não poderia ser eleito”.

Com a cassação da candidatura do ex-governador, Luana espera que as candidaturas dos senadores da “Tocantins Levado a Sério”, saiam fortalecidas.

De acordo com informações da deputada, o principal favorecido com a impugnação de Miranda seria o deputado federal e candidato ao senado, Vicentinho Alves (PR).

Expectativa

O deputadoOsires Damaso,do DEM, afirmou que espera a cassação do peemedebista pela justiça eleitoral. De acordo com Damaso, esta confirmação já teria partido dos próprios ministros do TSE, que já declararam que a Lei da Ficha Limpa pode ser aplicada nas eleições deste ano.

“Eu acredito que vá haver a cassação até pela declaração dos ministros do TSE”, informou. O democrata afirmou, no entanto, que, não deseja a cassação da candidatura de Miranda, mas, assim como Luana ele espera uma maior moralização da política brasileira. “Não desejo mal a ele (Marcelo Miranda), mas a moralidade da política”, completou.

Benefícios à TLS

Osires Damaso afirmou que a possível cassação de Miranda traria benefícios à majoritária siqueirista, mas somente aos candidatos ao senado. “Ninguém deixa de votar no Gaguim para votar no Siqueira por causa do Marcelo Miranda”, destacou.