Polí­tica

Foto: Divulgação/TRE

Faltando menos de um mês para as Eleições de 3 de outubro, o Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO) realiza os últimos preparativos para um dos maiores acontecimentos do País: a escolha de quem irá dirigir o Brasil e os estados nos próximos quatro anos.

No Tocantins, a previsão é de que mais de 900 mil eleitores compareceram às urnas, nas 35 Zonas Eleitorais, sendo a maior delas, Palmas, com 140.245 mil eleitores.

Para acompanhar as demandas internas e efetuar o processo eleitoral com sucesso, o TRE-TO está investindo R$ 7 milhões entre despesas de custeio e com pessoal. Serão mais de 300 servidores trabalhando nestas eleições, 4.377 urnas, sendo 2.524 delas com possibilidade de uso de biometria e 1.853 sem essa possibilidade.

Para garantir a tranqüilidade e a ordem nas tribos indígenas o TSE já autorizou o reforço de tropas federais nas aldeias de Itacajá, Tocantinópolis e Tocantínia. Neste ano 3.387 eleitores indígenas irão comparecer às urnas.

Conscientização

Além da parte técnica e operacional, o TRE-TO está desenvolvendo um trabalho de conscientização para os eleitores através do Projeto Eleições Limpas, que tem parceria com a Associação dos Magistrados do Brasil (AMB), instituições de ensino e empresas de comunicação. O trabalho vem sendo realizado desde o primeiro semestre deste ano nas principais cidades do Estado, como Araguaína, Palmas e Dianópolis, através de palestras com o presidente da Escola Judiciária Eleitoral do Tocantins (EJE), Desembargador Liberato Povoa e apresentação da peça teatral: Voto Vendido, Consciência Perdida, desenvolvida por servidores do TRE-TO.

Candidatos

No Estado, dois candidatos disputam a vaga para governador do Estado; 4 concorrem a duas vagas para o Senado Federal; 46 para as 8 vagas na Câmara Federal; 231 disputam uma das 24 vagas para o cargo de Deputado Estadual, totalizando, em todos estes cargos, 293 candidatos e seus respectivos suplentes.

Preso Provisório

Seguindo regulamentação do TSE, o voto ao preso provisório também está garantido no Tocantins. A estimativa é de que 117 eleitores votem nas casas de prisão provisória, sendo 28 destes em Palmas, 28 em Miracema, 31 em Colinas e 30 em Porto Nacional.

Brasil

No Brasil, 135.804.433 eleitores devem votar nas eleições gerais, no domingo, 3 de outubro, das 8h às 17h. O pleito contará com 420.182 seções, nas quais trabalharão 2.181.622 mesários distribuídos em todos os municípios do país e em 154 cidades no exterior. Aproximadamente 500 mil urnas serão disponibilizadas, incluindo as reservas, sendo que 550 serão utilizadas para votação, no exterior, de 200.392 brasileiros, que requereram transferência do domicílio para os países em que vivem atualmente.

Calendário

Conforme o calendário eleitoral, 3 de setembro é o último dia para os Tribunais Regionais Eleitorais designarem, em sessão pública, a comissão de auditoria para verificação do funcionamento das urnas eletrônicas, por meio de votação paralela. Nessa data, também se encerra o prazo para a publicação, pelos TREs, para uso na votação e apuração, de lista organizada em ordem alfabética, formada pelo nome completo de cada candidato e pelo nome que deve constar da urna eletrônica, também em ordem alfabética, seguida da respectiva legenda e número. O TRE-TO já cumpriu todos estes prazos.
Fonte: Assessoria de Imprensa/TSE