Opinião

Foto: Divulgação

No início dos anos 90 fomos a cidade mais promissora do Tocantins. Tínhamos mais indústrias, ocupávamos o primeiro lugar em arrecadação de ICMs do Estado, o nossoParque Industrial possuia a melhor infra-estrutura, ranqueamos também como a melhor Feira de Exposição Agropecuária e, sem dúvida, o melhor carnaval do Norte do País.

Orgulhávamos tanto de ser a melhor cidade em tudo, mas a de algum tempo para cá começamos a perder espaços para cidades menores e de situação geográfica não tão privilegiada como a nossa. A quem devemos atribuir essas perdas? Por via das dúvidas precisamos urgentemente fazer algumas mudanças para que possamos retomar o crescimento econômico, como estamos em um ano de eleição deveremos votar para alternar o poder elegendo representantes que estejam realmente comprometido com o desenvolvimento de Gurupi e região.

Primeiro passo

Não eleger os mesmos nomes que a várias eleições vem se reelegendo. Passado as eleições, viram as costas cuidam apenas dos seus interesses individuais e esquecem totalmente da população.

Segundo passo

Não podemos incorrer no erro também de votar em candidatos paraquedistas que nesta época aparecem contratando cabos eleitorais e vereadores para lhes apresentarem para o nosso povo com o intuito de completar as suas eleições e voltar só depois de quatro anos.

Terceiro passo

Por dar credibilidade aos forasteiros Gurupi tem perdido em todos os setores (público, político, econômico e social). O Parque Industrial de Gurupi está sucateado cheio de elefantes brancos que foram construídos com o dinheiro público e financiado a pessoas que se passaram por empresários depois de ter ganhado terrenos, construiram os prédios e depois colocaram milhões nas sacolas e foram embora. Comerciantes, fazendeiros e agências bancárias, donos de leilões também já foram vítimas de diversos forasteiros que chegam por aqui com uma conversa boa falando a linguagem da região e logo aplicam o golpe e desaparecem.

Quarto passo

No campo da política também nunca foi diferente. Já elegemos alguns recém chegados que se apresentam como salvadores da pátria, mas, no entanto, a única pátria que eles pretendem mesmo salvar são os seus interesses individuais. Usam de sofismas, engodo para engalobar o povo para alcançarem os seus objetivos.

Conclusão

Gurupi vive um momento impar. A população não aceita mais ser enganada, mas mesmo assim alguns lobos insistem em se passar por cordeiros. A população já percebeu e não vai incorrer neste erro.

O grande diferencial desta eleição é a candidatura de Goiaciara Cruz a deputada federal. A grande maioria vota nela. Ai é os oportunistas se assanham. Candidatos a deputado Estadual que nunca moveram uma palha por Gurupi agora confeccionam seus materiais de campanha direcionada a “Capital da Amizade” pedindo voto para eles e até mesmo forçando uma dobradinha com Goiaciara.

Se estes candidatos a deputado estadual estivessem, de fato, empenhados com a candidatura de Goiaciara Cruz estariam pedindo votos para ela nas suas regiões de base eleitoral. A verdade é que estes candidatos estão querendo é completar ou angariar alguns votos na garupa da candidatura da nossa deputada federal.

O povo de Gurupi e região já deu sinal. Não adianta insistirem. Para fazer as mudanças é preciso eleger pessoas ligadas, enraizadas e comprometidas com o desenvolvimento da região. Caso contrário vamos continuar perdendo mais espaços.

Jonas Barros é advogado, vereador pelo Partido Verde, presidente da Câmara de Gurupi e candidato a deputado Estadual.