Polí­tica

Foto: Divulgação

Neste fim de semana a coordenadora da campanha da coligação Tocantins Levado a Sério, senadora Kátia Abreu (DEM), deu continuidade a visita aos municípios da região Sul do Estado. No domingo, 12, a democrata levou a mensagem de Siqueira Campos (PSDB) a Dueré e ao setor Sol Nascente, em Gurupi. Ela ressaltou as realizações do ex-governador e, ao elogiar sua conduta governante, disse que para ser governador é preciso saber ser um gestor.

Em Dueré, a um público expressivo, a senadora convocou o povo a refletir sobre o atual momento que o Estado passa. Ela disse que existem duas grandes fases. A primeira foi quando a região deixou de ser o norte de Goiás e passou a ser o Tocantins.

Segundo ela, foi um tempo de conquista e glória, foi uma época que Siqueira Campos foi o porta-voz do povo que queria ser liberto. “De 1960 para cá, só tivemos dois grandes líderes: Siqueira Campos que criou o Tocantins e Juscelino Kubitschek, que criou Brasília”, afirmou, dizendo ainda, que Siqueira Campos não se conformou em apenas em criar o Tocantins, mas quis deixar uma grande infra-estrutura ao povo.

“Tivemos momentos de glória, tempo em que muita gente queria vir para cá”. Ao destacar o compromisso de Siqueira Campos com o desenvolvimento, a democrata disse que diferente de muitos políticos que tem por aí que só trabalha quando uma determinada região está crescendo, o tucano faz obras para atrair o crescimento, como asfalto que fez em lugares quase sem habitantes.

Kátia lembrou também da energia rural e das pontes. “Siqueira fez todas estas obras, porque sabe que elas impulsionam a economia”. A segunda fase do Estado, de acordo com a senadora, é a atual, na qual o Estado está passando por grandes dificuldades. “Ele [Gaguim] sentou no Palácio Araguaia e tomou gostou e quer ser reeleito”, disse a senadora, comentando ainda que foi procurada por Gaguim, para apoiá-lo, mas não quis. “Disse não a Gaguim. Era mais fácil estar com ele, ter aceitado as secretarias que ele ofereceu a mim e ao meu partido, mas preferi ficar com Siqueira Campos e dormir tranqüila”.

A senadora convocou o povo de Dueré a mostrar em 3 de outubro quem tem razão. “Quem tem razão é o povo do bem. É o povo do 45. Com Siqueira no governo o dinheiro vai render. Não vai ter pontes de papel e nem pontes feitas duas vezes. Vamos juntos nesta grande cruzada pelo bem do Tocantins”.

Gurupi

Em Gurupi, no setor Sol Nascente, a senadora falou em oportunidades. Comentou que existem jovens que fazem um curso superior, mas não tem oportunidade de atuar na área, muitas vezes, porque apenas uma faculdade não é o suficiente para ocupar vagas em determinados empregos. “O governo precisa dar condições aos jovens de chegar aonde querem. Não é dar esmola, e sim, oportunidade”, disse.

Fonte: Assessoria de Imprensa coligação TLS