Polí­tica

Foto: Dicom/AL

Após se reunir com os membros da base governista, na sessão ordinária da Assembleia Legislativa na manhã desta terça-feira, 14, a líder do governo na Casa, deputada Josi Nunes (PMDB) convidou a bancada de oposição para participar da reunião.

Após enfrentar uma resistência por parte dos deputados de oposição, Josi, com o auxílio do deputado Marcelo Lelis (PV), conseguiu convencer os oposicionistas a participarem do encontro com a bancada do governo.

De acordo com Lelis, esta resistência se deu por uma “falha de interpretação” dos deputados de oposição. “Foi essa questão de separação. Eles (siituação) convocaram primeiro a bancada deles e depois chamaram a gente, mas não tem problema algum”, completou.

O deputado do PV informou ainda que a reunião com os demais parlamentares teve como objetivo pedir maior agilidade por parte dos deputados no sentido de votar os projetos pendentes na Casa de Leis do Tocantins. “A reunião foi para que a gente faça os projetos serem votados ainda hoje”, afirmou.

Lelis destacou ainda a falta de quorum pela qual a AL vem passando neste momento de campanha eleitoral. De acordo com ele, as eleições não podem interferir no andamento dos trabalhos dos deputados, mesmo que estes concorram no pleito de 2010. “Isso não pode atrapalhar o nosso trabalho”, informou.

Última sessão antes das eleições

Durante as reuniões das comissões parlamentares, o presidente da AL, Júnior Coimbra (PMDB), afirmou que outra deliberação do encontro entre os deputados presentes na Casa de Leis nesta terça, foi a de que esta seria a última sessão dos deputados antes da eleição deste ano. O deputado destacou que nesta reta final de campanha, não teria como os parlamentares comparecerem às sessões e manterem seus compromissos de campanha. “Só voltaremos depois das eleições”, ponderou.

Por este motivo, o deputado afirmou que na sessão de hoje, serão votados os três projetos pendentes na Casa. “Nós faremos o primeiro turno da votação ainda nesta sessão ordinária e convocaremos uma extra para fazer o segundo turno da votação”, completou.