Estado

A chapa 1 – CRMV nos Trilhos Certos, encabeçada pelo médico veterinário Marcelo Aguiar Inocente venceu as eleições para o mandato 2010/2013 do Conselho Regional de Medicina Veterinária no Tocantins – CRMV-TO. A eleição aconteceu nesta sexta-feira, 10, na sede do conselho em Palmas e nas agências dos Correios nas demais cidades do Estado.

Essa era a única chapa concorrendo ao pleito. Participaram da eleição 299 inscritos, desses 235 votos foram válidos, 41 brancos e nulos e 23 em branco. A chapa 1 – CRMV nos Trilhos Certos venceu com quase 79% dos votos. A cerimônia de posse acontecerá em novembro.

De acordo com a presidente da comissão de eleição Luciana Coelho Gomes o processo eleitoral aconteceu dentro da normalidade e de forma transparente, cumprindo na íntegra a resolução 749/2003 do CFMV. “Os trabalhos desenvolvidos por nossa comissão foram condizentes e pautados não só pela ética como também pela moral de bons profissionais atuantes e em dia com o CRMV,” destacou Luciana.

O presidente, reeleito, o médico veterinário Marcelo Aguiar Inocente em nome da diretoria eleita agradece a todos pela confiança e reforça o compromisso com as propostas apresentadas durante a campanha. “Esta vitória representa para nós a vontade que a Classe tem, de ter à frente do CRMV-TO colegas, visivelmente, compromissados com engrandecimento profissional e realmente protecionistas do verdadeiro significado da palavra ética.”

Entre as propostas da chapa vencedora para o triênio 2010/2013 está a conclusão da reforma geral da sede do conselho, a intensificação da realização de seminários, cursos técnicos, através de parceria com outros CRMVs, nas principais cidades do Estado, incentivo ao fortalecimento de entidades representativas através do apoio a essas entidades em questões de melhorias salariais, estruturação física e administrativa das delegacias regionais do CRMV-TO com a realização de concurso público para provimento de vagas nessas delegacias e nomeação de Delegados Regionais do CRMV-TO (Araguaina e Gurupi), propor ao CFMV a redução e/ou o não reajuste nos valores das anuidades e uma maior maleabilidade no que se refere à concessão de descontos em multas e juros para facilitar a regularização junto ao Conselho e a expansão do setor de fiscalização profissional, com a realização de maior número de fiscalizações no Estado.

Fonte: Assessoria de Imprensa/CRMV