Educação

Foto: Divulgação

Acadêmicos e professores do curso de Agronomia da Faculdade Guaraí – FAG, acompanhados pela Professora Marciliana Goreti Davantel, com o objetivo de interagir na prática com os conteúdos vistos em sala de aula visitaram no último dia 15/09 o “Projeto Caranha” na propriedade do “Sr. Jair”, conhecido na região como “Jair do Peixe”.

A propriedade está localizada no município de Goianorte a cerca de 270km de Palmas-TO e é referencia na região na criação de peixes, principalmente a espécie popularmente conhecida como Caranha ou Pirapitinga (Piaractus Brachypomus).

O potencial do Brasil para o desenvolvimento da aqüicultura é imenso, constituído por 8.400 km de costa marítima, 5.500.000 hectares de reservatórios de águas doces, aproximadamente 12 % da água doce disponível no planeta, clima extremamente favorável para o crescimento dos organismos cultivados, terras disponíveis e ainda relativamente baratas na maior parte do país, mão-de-obra abundante e crescente demanda por pescado no mercado interno.

No Tocantins, este ramo de atividade ainda é pouco explorado, porém o Estado se caracteriza pelo grande potencial e a grande concentração de áreas de terras que podem ser utilizadas para a pisicultura, além é claro da grande abundancia de agua. Os acadêmicos e docentes da FAG já realizam projetos voltados para o desenvolvimento desta atividade econômica e com esta visita visam realizar maiores estudos em relação a prática na região.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ FAG

Por: Redação

Tags: Agronomia, Faculdade de Guaraí, Goianorte