Polí­tica

Foto: Divulgação

Com a Avenida Tocantins completamente lotada, o governador e candidato à reeleição Carlos Henrique Gaguim (PMDB) começou seu último discurso agradecendo o apoio de todos para sua campanha.

O governador lembrou a tentativa do PSDB de demitir os servidores comissionados. Gaguim lembrou ainda sua eleição via indireta e a confiança que os deputados depositaram nele.

“Essa mão não vai demitir nenhum funcionário público desse Estado, porque o Estado tem dinheiro para pagar os funcionários”, frisou acrescentando que o pagamento dos servidores já está na conta.

O candidato lembrou ainda os debates que teve com o adversário, ex-governador Siqueira Campos (PSDB). “O compromisso é com meu povo, eles esperavam que o Gaguim fosse ter medo dele no primeiro debate, enfrentei ele”, pontuou. “Chega de ditadura”, completou.

Gaguim durante sua fala contou um pouco de sua história de vida. Falando às mulheres, o candidato fez compromisso de trabalhar pensando em todas as categorias. O governador reconheceu que é preciso melhorar a saúde do Estado e da segurança pública.

“Enquanto o outro fala mal da nossa política eu só tenho a agradecer eles porque são o outdoor ambulante da administração”, frisou. O candidato lembrou ainda a candidata do PT, Dilma Rousseff.

O peemedebista fez compromisso com várias categorias incluindo agricultores e produtores rurais. “Esse papagaio de pirata vai fazer milhares de casas para o meu povo”, frisou.

O candidato pediu união nesses últimos dias e a multiplicação do voto e citou ainda o que chamou de “difamação” por parte dos adversários. “Vamos fazer o Estado de oportunidade para todos”, salientou.

Gaguim encerrou o comício sendo carregado nos braços do povo ao longo da Avenida Tocantins.

Este foi o último comício da coligação.

Rose desabafa

A primeira-dama Rose Amorim usou a palavra durante o último discurso da coligação Força do Povo quando agradeceu o apoio de todos à candidatura de Gaguim.

Rose lembrou as últimas denúncias contra o governador. “Não são calúnias nem difamações nem mensagens mentirosas que vão destruir nossa família não respeitaram nem minha família nem minhas filhas pequenas”, frisou a primeira-dama.

Rose frisou ainda que o resultado nas urnas “vai calar a boca de quem está fazendo calúnias contra Gaguim”, frisou. O discurso da primeira-dama levantou a militância.