Geral

O procurador da República João Gabriel Morais de Queiroz foi designado como o novo procurador-chefe da Procuradoria da República no Tocantins, a partir do dia 23 de novembro de 2010. Na portaria 567, assinada pelo procurador geral da República, Roberto Gurgel, e publicada no Diário Oficial da União de 11 de novembro, também é designado Victor Manoel Mariz como procurador-chefe substituto. Os mandatos são de dois anos.

Breve perfil

João Gabriel Morais de Queiroz é natural de Brasília (DF) e tem 32 anos. É formado em Direito pelo Centro Universitário de Brasília (Uni-Ceub), tendo concluído o curso em 2002. É bacharel em Ciências Políticas pela Universidade de Brasília (UnB).

Exerceu as atividades de oficial de Justiça, analista judiciário do Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJ/DF), assessor judiciário da Procuradoria da República na Primeira Região (PRR-1) e advogado da União. Ingressou no Ministério Público Federal em 2006, lotado na Procuradoria da República no município de Imperatriz (MA), e em 2007 iniciou sua atuação na Procuradoria da República no Tocantins, onde atualmente exerce o cargo de procurador regional Eleitoral.

Atribuições

O procurador-chefe é responsável pela gestão dos recursos orçamentários e financeiros das unidades do Ministério Público Federal no País. Entre outras atividades institucionais, cabe a ele autorizar a contratação de serviços, dar posse a servidores e instaurar sindicâncias e processos administrativos disciplinares. É também o procurador-chefe quem determina as diretrizes administrativas da Procuradoria, definindo as atribuições das coordenadorias, divisões e demais setores. O gabinete do procurador-chefe da PR/TO é composto pelas assessorias de comunicação, jurídica e pericial.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ MPF