Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado federal Cesar Halum (PPS-TO) disse, nesta quarta-feira, que uma nova redivisão territorial de alguns estados brasileiros poderia promover o crescimento de regiões menos desenvolvidas.

Segundo ele, a criação do Tocantins, pela Constituição de 1988, mostrou que a decisão foi acertada porque o novo estado tem índice de crescimento maior que a média nacional.

“A redivisão promove o crescimento e o Estado de Tocantins é um exemplo que me permite dizer que uma reforma territorial precisa ser feita neste País”, disse Halum, ao defender a divisão dos estados do Pará e do Maranhão, criando assim os estados de Tapajós, Carajás e Maranhão do Sul.

Para o deputado, a emancipação de estados e municípios garante o crescimento social e econômico e nunca o contrário. “O Estado de Mato Grosso é outro exemplo em que a redivisão territorial foi benéfica para o desenvolvimento econômico e social dos dois lados” disse Halum.

Ele argumentou ainda que a criação de Tocantins pela divisão de Goiás mostrou que a então chamada “banda pobre do território, relegada ao esquecimento”, hoje é motivo de orgulho para os goianos. “Ele [Goiás] também cresceu muito, porque lhe foi retirado um peso – assim chamavam. E nós conseguimos nossa independência, nossa autonomia e crescemos”, afirmou o parlamentar tocantinense.

Cesar Halum comparou ainda a situação de independência administrativa de Tocantins com os ex-territórios emancipados que se tornaram estados. “Ao contrário de Tocantins, os ex-territórios têm a sua folha de pagamentos [do funcionalismo] até hoje paga pelo governo federal. O Tocantins nunca teve, nem por um dia e nem por isso ficou para trás”, assinalou o deputado.

Visita em Brasília

Ontem, terça-feira (15), César Halum recebeu em seu gabinete os representantes do ‘Movimento pelo Plebiscito para Criação do Estado do Tapajós’. Na ocasião o parlamentar reafirmou seu interesse em apoiar esta causa. O encontro foi programado com o intuito de mobilizar e conscientizar os novos deputados sobre a importância da realização do Plebiscito. Marcaram presença na mobilização 11 vereadores de Altamira (PA), vereadores e lideranças de Santarém, prefeito e vereador de Rurópolis, vereadores de Monte Alegre, Trairão e Jacareacanga.

Halum também recebeu o deputado federal Giovanni Queiroz (PDT-PA), que há muito tempo lidera o movimento pela criação do Estado do Carajás.

Fonte: Assessoria de Imprensa César Halum