Polí­tica

Em inserção partidária veiculada nesta segunda-feira, 21 o deputado estadual Sargento Aragão (PPS), questionou a decisão do governo estadual de não renovar o contrato com a empresa Unimed Centro-Oeste, que administra o Plansaúde, plano de assistência médica dos servidores públicos estaduais, anunciada na quinta-feira, 16.

A decisão pode prejudicar mais de 91 mil servidores e seus familiares que são atendidos pelo plano em todo o Estado, segundo o deputado.

Para o deputado Sargento Aragão, a atitude é preocupante, já que o atual governador, em mandato anterior, já extinguiu o plano de saúde dos servidores estaduais. “O plano de saúde é uma conquista do servidor que não pode ser prejudicado com essa atitude”, ressaltou.

Aragão ressaltou ainda o compromisso em acompanhar essa transição. “Vamos continuar fiscalizando as ações do Executivo, garantindo que os servidores públicos não sejam prejudicados”, informou.

Fonte: Assessoria de Imprensa Sargento Aragão

Por: Redação

Tags: Plansaúde, Sargento Aragão, Unimed