Educação

Foto: Divulgação

A vulnerabilidade de crianças e adolescentes no mundo virtual da internet, bem como a segurança na rede mundial de computadores, fundamentaram a palestra “Crimes de Internet” ministrada por uma equipe de quatro cadetes do Curso de Formação de Oficiais (CFO), da Academia de Polícia Militar Tiradentes, na manhã desta quinta-feira, 24, no auditório do Colégio Ulbra, em Palmas, para alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental.

Os cuidados com a senha de acesso (que não devem ser uma única), a prática dos downloads, já que com estes podem vir vírus e danificar a máquina, e nunca deixar a máquina aberta, para que outras pessoas não tenham acesso aos programas que você está utilizando foram algumas das recomendações feitas ao público presente.

A palestra, além de funcionar como uma prestação de serviço para pais, professores e alunos, é um trabalho de extensão do CFO. O projeto, que leva as palestras para escolas públicas e privadas da Capital, conta com uma equipe de 44 cadetes distribuídos em 22 equipes. “As escolas estão nos recebendo muito bem, além do que é mais uma forma de aproximar a PM da comunidade”, comentou a cadete Louise, uma das palestrantes.

Na ocasião foi exibido um vídeo que mostrou um caso de repasse de senha – em nome de uma amizade – e que ocasionou um grave problema para a personagem principal (Carol, de 12 anos). A necessidade de se ter privacidade na rede, o monitoramento dos pais sobre o conteúdo acessado pelos filhos, os benefícios e armadilhas das redes sociais (orkut, twitter, MSN, facebook, entre outras), o cyberbullying (agressões psicológicas feitas no mundo virtual contra terceiros como por exemplo racismo, difamação, injúria e calúnia), pedofilia, phishing scam (vírus que acompanham os emails recebidos), também ilustraram a palestra dos cadetes.

“Achei a palestra muito boa. Eu acho que agora a gente vai ter mais cuidado na hora de entrar na internet. Agora vou me inscrever no youtube e criar várias senhas, para mim e para meu pai”, disse Iuri Nóbrega Gonçalves, 10 anos, aluno do 6º ano.

O diretor da escola, Ilvo Bender, parabenizou o trabalho da Academia. “A PM sempre está conosco quando é solicitada e sempre executou um bom trabalho, e essa palestra ajuda, e muito, as nossas crianças, e a todos nós, a termos uma internet muito mais segura”, disse. Já para a coordenadora disciplinar da escola, Malba Tahan Coelho Maciel Nunes, a palestra é uma “excelente iniciativa, pois ajuda a sermos mais preparados no acesso à internet contra os crimes que podemos estar expostos, além de preparar esses alunos para o mundo virtual”, observou.

A palestra contou também com a presença do coordenador de curso do CFO, tenente Teles. Ao todo, 10 escolas receberão o projeto da Academia. No final, além do debate com os alunos, os cadetes sugeriram quatro sites que podem ajudar na segurança na internet: www.criancamaissegura.com.br – www.internetsegura.org – www.navegueprotegido.com.br e www.aba.com.br.

Fonte: Assessoria de Imprensa PM