Saúde

Profissionais das instituições que avaliarão a situação das unidades hospitalares estaduais do Tocantins estão no Estado desde o último domingo, 24. Nesta segunda, 25, o secretário de Estado da Saúde, Arnaldo Alves Nunes, e o secretário extraordinário de Gestão Hospitalar, Raimundo Boi, receberam representantes da CMB - Confederação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas.

No encontro ficou decidido que a CMB terá o prazo de 10 dias para apresentar as ações que serão feitas para melhorias e recuperação de 18, dos 19 hospitais da rede estadual.

O secretário Arnaldo Nunes frisou também que não haverá mais interferências políticas dentro das Unidades, “elas terão autonomia administrativa para tomada de decisões”, destacou.

Após a reunião, a equipe de técnicos visitou o HGP – Hospital geral de Palmas acompanhada do secretário Raimundo Boi.

CMB

A CMB é uma associação sem fins lucrativos ou econômicos. Fundada no dia 10 de novembro de 1963, em Santos – SP - está sediada em Brasília.

Os membros da sua Diretoria e do Conselho Fiscal não recebem qualquer remuneração pelo exercício da função, nem poderão usufruir, direta ou indiretamente, de vantagens ou benefícios da CMB, sendo-lhes vedado qualquer vínculo remunerado com a instituição. Além disso, a CMB conta, ainda, com a colaboração de dezenas de outros Diretores de Federações filiadas, Médicos, Provedores, Administradores Hospitalares e Técnicos em Saúde, integrantes da estrutura dos milhares de hospitais que compõem a rede beneficente e filantrópica representada pela CMB.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ sesau

Por: Redação

Tags: Arnaldo Alves Nunes, Raimundo Boi