Polí­cia

Foto: Sgt. Filho

O comandante geral da Polícia Militar do Tocantins, coronel Marielton Francisco dos Santos, foi homenageado na manhã desta quinta-feira, 19, com o Diploma da Ordem do Araguaia-Tocantins, conferido pela Marinha no Estado. A honraria confere ao comandante o título de ‘Membro da Ordem’ na categoria ‘Colaborador’, no grau ‘Honorário’, pelos relevantes serviços prestados à Capitania Fluvial do Araguaia Tocantins (CFAT). Outras oito personalidades também foram agraciadas, em solenidade que marcou o 11° aniversário da Capitania no Tocantins, comemorados no último dia 17.

“O trabalho da Capitania no Estado é de suma importância, visto que o Tocantins é ponto estratégico de crescimento econômico, de uma grande riqueza hídrica e tudo isso tem que ser bem preservado; e a Marinha tem feito muito bem esse papel, o de ajudar no fortalecimento das parcerias entre as diversas instituições aqui presentes, bem como no desenvolvimento da sociedade tocantinense. Eu estou muito honrado com a homenagem”, disse o coronel Marielton.

Segundo o capitão-de-fragata e capitão dos portos, Paulo César Potiguara de Lima, a solenidade representa o trabalho da Capitania de cada vez mais prestar melhores serviços à sociedade tocantinense. “Faço um balanço muito positivo, principalmente entre 2010 e 2011 quando avançamos de forma significativa (40%) nos serviços de embarcações e habilitações, por exemplo. E essas homenagens que concedemos são resultados das boas relações institucionais que temos com os nossos parceiros”, observou.

O capitão adiantou que já para o próximo dia 23 de maio será reativado o programa “Forças no Esporte – Navegar é Preciso”, formando velejadores mirins (na classe Optimist). O programa atenderá a 100 alunos das redes estadual e municipal de ensino. Ele também mencionou a expectativa pelas obras de asfaltamento das alamedas da Vila Naval e do acesso à sede da Capitania.

A Capitania

De acordo com a CFAT, em 11 anos a Capitania inscreveu 3.188 embarcações, formou 2.941 aquaviários e habilitou 3.486 amadores. A Capitania foi inaugurada em Palmas dia 17 de maio de 2000 e é subordinada ao Comando do Sétimo Distrito Naval, situado em Brasília. Sua área de jurisdição engloba os Estados do Tocantins e Goiás, o Distrito Federal e ainda alguns municípios dos Estados do Maranhão, Pará e Mato Grosso, totalizando 415 municípios, tendo como principal missão a de promover a Segurança da Navegação, a Salvaguarda da Vida Humana e a Prevenção da Poluição Hídrica proveniente de embarcações nos rios e lagos da Bacia Hidrográfica do Araguaia-Tocantins.

Também estiveram presentes à solenidade - que teve início com a execução do Hino Nacional Brasileiro pelo Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília -, o vice-governador do Tocantins, João Oliveira, representando o governador Siqueira Campos; a presidente do Tribunal de Justiça do Tocantins, desembargadora Jacqueline Adorno de La Cruz Barbosa; o Procurador Geral de Justiça do Tocantins, Clenan Renaut de Melo Pereira; o prefeito de Palmas, Raul Filho; secretários de Estado, representantes de órgãos federais, entre outros.

Fonte: Ascom PM