Estado

Foto: Divulgação Subsecretário Gláucio Barbosa explica a presidentes de Associações do Jardim Taquari as necessidades de se fazer o recadastramento Subsecretário Gláucio Barbosa explica a presidentes de Associações do Jardim Taquari as necessidades de se fazer o recadastramento

Uma equipe da Secretaria Estadual da Habitação (Sehab) esteve reunida na tarde dessa quarta-feira 1º de junho, no auditório da Pasta, com os presidentes de associações do Jardim Taquari para enfatizar a importância da participação dos moradores no recadastramento de imóveis no setor. A ação começa na próxima segunda-feira (06) e segue até o dia 18 de junho.

Na ocasião, o subsecretário de Regularização Fundiária Urbana, Gláucio Barbosa, explicou o objetivo do recadastramento e pediu aos representantes das associações que mobilizem a população local. “A Sehab precisa tomar conhecimento de todas as irregularidades. Primeiro vamos levantar os problemas, para depois chegarmos às soluções. Peço a ajuda dos senhores que, como líderes comunitários, possam ajudar a explicar aos moradores a importância do recadastramento. Convoquem os associados e informem sobre o recadastramento”, enfatizou.

O subsecretário explicou ainda que todos devem fazer o recadastramento. “Quem já está regularizado, deve fazer o recadastramento para participar de outros programas, como o para a reforma de casa”.

Segundo o presidente da Associação de Moradores do Setor Taquari, João Paulo Rodrigues, a reunião foi muito produtiva. “Esse recadastramento já era para ter ocorrido há muito tempo, trouxe essa demanda para as gestões anteriores, mas não conseguimos esse espaço e nunca resolveram. Acredito que o recadastramento irá resolver o problema de regularização no bairro. Estou vendo que Secretaria quer a interação das associações e essa participação é de suma importância para a nossa comunidade”.

De acordo com o presidente da Associação Beneficente Filadélfia (ASBEF), Dorvan Dias Pereira, “muitas pessoas pensam que esse recadastramento será para tomar os lotes, mas pelo contrário, na reunião soubemos que a Secretaria vai trabalhar com transparência e para regularizar a situação de todos os moradores”.

A presidente da Associação de Idosos do Taquari (Assita), Ilma Jardim, também aprovou ação para regularizar o setor. “Vai ser bom, agora vai regularizar o Taquari. Estava precisando, porque a gente não entende quem é o verdadeiro dono dos lotes”, disse a presidente.

No final da reunião, os líderes comunitários esclareceram suas dúvidas e se comprometeram a ajudar na divulgação da ação, mobilizando os moradores para participarem do recadastramento.

Recadastramento

Segundo a diretora Imobiliária, Zélia Bandeira, o levantamento será realizado nas seis quadras do Setor que são de responsabilidade administrativa do Estado: T20, T21, T22, T30, T31 e T32. As demais áreas do bairro são de responsabilidade da Prefeitura de Palmas e Saneatins, por isso, não entrarão neste recadastramento.

O atendimento será feito na Feira Coberta do Jardim Taquari, entre os dias 06 e 18 de junho, de segunda a sexta-feira, das 14h às 20 horas e aos sábados das 8h às 13 horas. Para cada quadra terá um guichê, onde serão distribuídas senhas.

Os proprietários de imóveis devem estar com os seguintes documentos em mãos: RG, CPF, certidão de nascimento ou casamento, certidão nascimento dos filhos, título de propriedade, contrato do imóvel, procuração pública, cessão de direitos, contrato de aluguel, nota fiscal de compra de material de construção, comprovante de conta Celtins e comprovante de conta Saneatins.

Fonte: Assessoria de Imprensa Sehab