Polí­tica

Foto: Antônio Gonçalves Raul Filho (PT) já começou as articulações para a corrida eleitoral do próximo ano Raul Filho (PT) já começou as articulações para a corrida eleitoral do próximo ano

Mesmo vivendo um momento interno de divergências no PT o prefeito de Palmas Raul Filho (PT) já começou as articulações para a corrida eleitoral do próximo ano.

O gestor está chamando individualmente os líderes dos partidos de sua base aliada para discutir os nomes que tem interesse em concorrer ao Paço Municipal. A informação é do líder do prefeito na Câmara de Palmas, vereador Milton Neris (PT). “O prefeito está conversando com os líderes dos partidos e vai reunir todos da base aliada para decidir o critério para escolha do candidato”, frisou Neris.

Raul é o líder do grupo dos vereadores e conduzirá todas as articulações nesse sentido. O prefeito já iniciou conversa com a vice-prefeita Edna Agnolin (PDT) com líderes do PSB no caso o deputado estadual Wanderlei Barbosa e o reitor da Universidade Federal do Tocantins Alan Barbiero. Líderes do PTN que tem o nome do vereador José do Lago Folha Filho como um dos pré-candidatos também já conversaram com o prefeito.

Do PMDB o gestor articula com o vereador Carlos Braga e já conversou também com o deputado estadual da legenda Eli Borges. “Nós queremos encontrar o melhor nome para dar continuidade à administração da capital”, salientou o vereador.

Abertura de diálogo

Comentando informação de uma fonte do diretório do PT ao Conexão Tocantins de que a expulsão do prefeito e da primeira-dama e deputada estadual Solange Duailibe pode ser rediscutida na instância regional se houver uma provocação de um filiado da legenda Neris frisou que é a favor do diálogo.

No entanto, segundo o líder, é preciso antes de tudo que a instância nacional se pronuncie sobre o assunto para que uma das partes tenha razão. “De qualquer maneira a decisão da nacional precisa ser dada, não se pode simplesmente fazer um acordo de cavalheiros”, disse.

Caso a direção estadual reabra a discussão em torno do assunto o vereador salientou que é a favor do entendimento. “Estamos prontos para conversar”, disse.

Equilíbrio de forças

Nesse processo de entendimento da atual direção do partido, comandado no Estado por Donizeti Nogueira, é necessário que seja rediscutido o equilíbrio de forças na legenda, na opinião do vereador. “Tendo posições do grupo que tomou essa iniciativa de buscar uma correção eu acho que isso é normal, faz parte do processo democrático mas temos que sentar todo mundo na mesa conversar aparar as arestas e rediscutir as forças políticas”, salientou.

O recurso de Raul e Solange contra a expulsão está na direção nacional.

Em sua explanação sobre equilíbrio de forças o vereador rebateu as declarações do deputado do PT José Roberto Forzani que apontou falta de participação do partido na gestão do prefeito Raul. “ O PT tem participação ampla na prefeitura, o deputado foi infeliz na sua colocação ele deveria nos respeitar”, ponderou. “Inclusive a Rosimar Mendes (coordenadora da mulher) é da tendência dele”, acrescentou.