Polí­cia

Foto: Divulgação

Uma comissão do governo vai analisar a elaboração do Plano de Cargos, Carreiras e Subsídios (PCCS) dos policiais e bombeiros militares do Tocantins. A informação é do Comandante Geral da Polícia Militar, Marielton Francisco dos Santos ao Conexão Tocantins neste sábado, 25.

Conforme afirmou o deputado estadual Sargento Aragão (PPS) que defende a categoria, uma minuta que trata do PCCS já foi aprovada na Assembleia Legislativa em março deste ano. “Isso foi no governo passado. Vamos estudar e analisar a viabilidade deste plano”, salientou o comandante que frisou também a necessidade de equilíbrio na análise.

Segundo Marielton, a comissão analisa a política de pessoal da corporação. “Nossa intenção é melhorar as condições de trabalho e o governador também pensa assim”, frisou o comandante.

Aragão informou que para a elaboração do projeto do PCCS, que foi encaminhado ainda na gestão do ex-governador Carlos Henrique Gaguim (PMDB), ele ouviu por nove meses as demandas dos praças

Reivindicação

Em encontro nesta semana membros da Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar durante Assembleia definiram uma Comissão Estadual para discutir a elaboração do Plano. Integrantes da Associação defendem a necessidade de equiparação nas graduações dos praças bem como a reparação por antiguidade dos militares que sejam efetivos a mais de 15 anos.