Saúde

Foto: Divulgação

A Secretaria da Saúde de Palmas (Semus) e parceiros promovem mutirão de prevenção e combate a dengue, nesta quinta-feira, dia 07 de julho, no setor Irmã Dulce, a partir das 08 horas. A concentração as equipes de trabalho será na sede da Associação dos Moradores do bairro.

Durante o mutirão, as equipes de combate a endemias do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) farão inspeção nos 1085 imóveis do setor, em busca de depósitos de água parada, que possam estar servindo de criadouro para o mosquito Aedes aegypt, transmissor da dengue.

“Nessa época sem chuva, eles se reproduzem principalmente em ralos, fossas e fontes de água a céu aberto, bem como em vasilhames de alimentação dos animais domésticos” - explica José Luiz Peres, Supervisor de Endemias da região Sul de Palmas.

Ingresso forçado

Em companhia da Guarda Metropolitana e chaveiro, equipes do CCZ farão ingresso forçado em imóveis abandonados denunciados, para o tratamento de possíveis criadouros no interior dos imóveis.

Fiscais da Vigilância Sanitária (Visa/Palmas) e de Obras e Postura notificarão os proprietários de imóveis que apresentarem condições insalubres, que favoreçam o desenvolvimento dos mosquitos transmissores da dengue e do calazar. Sacos plásticos serão distribuídos aos moradores durante o mutirão para a acomodação de lixo doméstico.

Focos estão dentro das residências

Relatórios do CCZ apontam as residências como os principais imóveis responsáveis pela reprodução do mosquito da dengue. Somente no mês de maio de 2011, as equipes do CCZ destruíram 183 focos positivos para dengue em residencias da Capital. Enquanto que em imóveis comerciais foram encontrados e destruídos somente nove focos em imóveis comerciais e sete focos positivos em terrenos sem edificação.

Fonte: Semus