Polí­cia

A Polícia Militar do Tocantins estará inscrevendo, de 17 a 24 deste mês de agosto, os interessados em concorrer às duas vagas disponibilizadas ao Tocantins pela PM do Estado de Goiás para o 9º Curso de Operações Especiais – COESP/2011 – Nível Misto, a ser realizado na Academia de Polícia Militar de Goiás. As duas vagas são direcionadas a Oficial Subalterno QOPM e/ou Praça QPPM. O curso está previsto para iniciar no próximo dia 29 de setembro, com término para o dia 31 de janeiro de 2012.

A Comissão de Seleção informa que são requisitos para a inscrição: ser Oficial do posto de 1º TEN, do quadro QOPM; ser Praça do quadro QPPM; não estar condenado à pena de suspensão do cargo ou função e não estar em cumprimento de sentença condenatória com pena privativa de liberdade; não se encontrar em licença, para tratamento médico ou de interesse particular; não estar sub-júdice; não estar respondendo a processo administrativo; estar no mínimo no Bom Comportamento; ter no mínimo 03 (três) anos de tempo de efetivo serviço; e preenchimento da Ficha de Inscrição (ver edital anexado), constando autorização do comandante da Unidade a que o candidato estiver subordinado e cópia do RG do candidato.

As inscrições deverão ser feitas na Unidade em que o candidato estiver servindo. Já as UPMs deverão enviar os requerimentos de inscrições dos candidatos, à Diretoria de Ensino, Instrução e Pesquisa – DEIP, até às 12h do próximo dia 25 de agosto. Não serão aceitas inscrições via Internet.

O processo seletivo constará de três etapas: 1ª fase: Inscrição de candidatos – de 17 a 24 de agosto, em horário de expediente; 2ª fase: Inspeção de Saúde – dia 29 de agosto, às 8h, com divulgação do resultado no dia 1º de setembro; e 3ª fase: Teste de Habilidade Específica (THE – dias 12 e 13 de setembro) e Teste de Aptidão Física (TAF – dia 14 de setembro), com divulgação do resultado para o dia 16 de setembro, no site da PMTO (www.pm.to.gov.br).

De acordo com o edital, a finalidade do curso é proporcionar o conhecimento teórico e prático aos policiais militares, de forma a capacitá-los e aprimorá-los para que possam desenvolver com eficiência e segurança as missões que exijam especializações e doutrinas relativas às atividades operacionais de alto risco a serem desenvolvidas pela CIOE/PMTO (Companhia Independente de Operações Especiais).

O edital informa também que os militares selecionados para o 9º COESP, após conclusão e aprovação no curso, se obrigarão a servir, no mínimo, por 03 (três) anos, na Companhia Independente de Operações Especiais e poderão ser empregados em qualquer tempo e em qualquer região do Estado, em missões e atividades desenvolvidas pela Companhia. (Ascom PM)

Arquivos Anexos