Polí­tica

Foto: Clayton Cristus

Um dia depois de parlamentares da oposição terem reclamado de dificuldades de acesso ao Sistema Integrado Para Administração Financeira de Estados e Municípios (Siafem), pelo qual podem acompanhar os gastos do governo, deputados se reuniram com representantes da Secretaria Estadual do Planejamento e da Modernização da Gestão Pública (Seplan) para tratar do assunto. Na manhã desta quarta-feira, dia 17, o subsecretário de Modernização, Tecnologia e Informação da pasta, Francisco Neto, ouviu os parlamentares e levantou hipóteses acerca da causa das dificuldades citadas.

Dentre elas, medidas de segurança do sistema que cancelam periodicamente as senhas dos cadastrados e que, por isso, precisam ser renovadas, ou ainda possíveis problemas na rede. A linguagem especializada do Siafem foi outra dificuldade relatada pelos deputados. Francisco Neto reconheceu que a tecnologia utilizada pelo sistema está defasada e deverá ser substituída a partir do próximo ano.

O presidente da Assembleia, deputado Raimundo Moreira (PSDB), sugeriu que parlamentares e assessores sejam capacitados para uso do Siafen. Foi acertado que um trabalho neste sentido será articulado entre a Seplan e a diretoria de informática da Assembleia Legislativa. (Dicom/AL)