Cultura

Foto: Divulgação

Realizado pela primeira vez no Tocantins, o projeto ‘Meu primeiro filme’ promove na manhã desta quarta-feira, 31, a partir das 9h30, no Cinemark Capim Dourado, uma sessão especial marcando o encerramento de sua primeira fase. 1.750 alunos de escolas públicas estaduais e municipais de Palmas, que cursam do 6º ao 9º ano do ensino fundamental e da 1ª à 3ª série do ensino médio, já foram beneficiados nesta etapa, que teve início no último dia 22 de agosto. Participam da sessão especial desta quarta 250 alunos, o prefeito Raul Filho - parceiro do projeto, o empresário Carlos Franco Amastha, presidente do Instituto Tocantins Mais Futuro - entidade idealizadora e organizadora do projeto, além de convidados e imprensa.

Os alunos atendidos também vão participar de um concurso. Após assistirem o filme, em suas próprias escolas, vão escrever redações e concorrer a sete computadores. As melhores redações vão ser expostas no Capim Dourado Shopping no próximo dia 17 de setembro. No dia 24 será realizada a solenidade de premiação.

Todos os 1750 alunos vão ainda participar de um quiz cultural, onde terão que escrever uma frase com a palavra azul. O autor da melhor frase será premiado com uma viagem para Salvador (BA), São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ) ou Florianópolis (SC) e poderá levar o seu professor preferido como acompanhante.

Emoção

Muitos dos alunos beneficiados foram pela primeira vez a uma sala de cinema. Entre risos, suspiros e muita curiosidade, a garotada se divertiu e se encantou com a sétima arte. “Achei tudo lindo e não vou me esquecer desse dia”, destacou Eduardo Rodrigo, de 11 anos, que mora no Aureny III, e estuda na escola de Tempo Integral Rodrigues Ferreira de Melo.

“Nunca tinha assistido um filme em 3D. No início me assustei um pouco e nem imaginava que era daquele jeito”, comentou Flávia da Silva, de 15 anos, acrescentando que “a gente se sente dentro da história. Foi incrível”.

A emoção desses cinéfilos de primeira viagem contagiou a todos. “Não existe nada melhor do que ver esse encantamento, o brilho no olhar, a satisfação de cada aluno. Nosso objetivo é promover a integração e oferecer momentos de lazer, além de utilizar a sétima arte na educação. Proporcionamos para essas crianças novos valores, entretenimento, cultura e desenvolvimento social”, destacou o presidente do Instituto Tocantins Mais Futuro, Carlos Franco Amastha.

O professor Laerte Arruda dos Santos aproveitou para relembrar a sua primeira experiência com o cinema. “Olhando para essas crianças, me lembro da primeira vez que fui ao cinema, ainda na década de 80. Aquele dia ficou marcado em minha vida. O do hoje com certeza ficará para sempre na mente dessas crianças”, disse. “São alunos que dificilmente teriam acesso a uma sala cinema como esta”, acrescentou a diretora da Escola Daniel Batista, Ludmila Oliveira. Ela ressaltou ainda que foram beneficiados com projeto alunos com bom desempenho escolar e com necessidades especiais.

Projeto

O objetivo é promover a integração e o desenvolvimento social, oferecendo momentos de lazer, além de utilizar a sétima arte na educação, levando a adolescentes e jovens novos valores, entretenimento, cultura e desenvolvimento social. São parceiros do projeto o Cinemark, Coca-Cola, Azul Linhas Aéreas, Grupo Skipton, Governo do Estado, Prefeitura Municipal de Palmas, PC&VB e Capim Dourado Shopping, Contato e W3 Publicidade.

Sobre o Instituto Tocantins Mais Futuro

Criado em 2007, é instituto de responsabilidade social e ambiental que desenvolve suas ações e projetos a partir da parceria com comunidade, poder público, empreendimentos empresariais e instituições de ensino. Desde sua criação, já qualificou profissionalmente mais de cinco mil tocantinenses em projetos desenvolvidos em parceria com o Tribunal de Contas do Estado, Sine, Sebrae e Governo do Tocantins. (Assessoria/Shopping Capim Dourado)