Polí­tica

Foto: Pedro França

O Plenário da Câmara dos Deputados deverá votar no próximo dia 21 o segundo turno da proposta de emenda à Constituição (PEC 61/11) que prorroga a vigência da Desvinculação de Receitas da União (DRU) até 2015.

Conforme afirmou o presidente da Comissão Especial que analisou a prorrogação da DRU, deputado federal Júnior Coimbra (PMDB), os líderes da base aliada concordaram em esperar o cumprimento do intervalo regimental de cinco sessões entre o primeiro e o segundo turnos da votação e adiaram a deliberação para a semana do dia 21 de novembro.

Júnior Coimbra não adiantou qual será a estratégia de votação da proposta no segundo turno na Câmara mas afirmou que será uma votação mais tranquila que a do primeiro turno. “Estamos trabalhando diuturnamente para aprovar a prorrogação da DRU no prazo estabelecido”, disse o deputado.

Após a aprovação da PEC em segundo turno na Câmara, ela deverá ser analisada ainda pelo Senado. A vigência do mecanismo atual acaba no próximo dia 31 de dezembro e a corrida do governo é para que a proposta seja aprovada em dois turnos pela Câmara e pelo Senado até o final do ano. (Assessoria de imprensa Junior Coimbra com informações da Agência Câmara)