Campo

O secretário executivo da Seagro – Secretaria da Agricultura, da Pecuária e do Abastecimento Agrário, Ruiter Padua, recebeu na manhã desta sexta, dia 16, em seu gabinete, os investidores do Estado do Bahia, Clair Carlos Coser e Edinaldo Alves de Lima. Os empresários estão interessados em adquirir lotes e investir no Projeto Manuel Alves, na área de grãos e fruticultura. Localizado no município de Dianópolis, a 352 km de Palmas, o projeto tem 51 lotes disponíveis para pequenos produtores e empresários.


Na ocasião, Padua informou aos produtores que a Seagro está aguardando a conclusão das obras da estação e da rede de distribuição de energia elétrica. Além disso, falta o parecer legal da Procuradoria Geral do Estado (PGE) sobre a forma de emissão dos títulos definitivos dos lotes para realizar a licitação dos lotes ainda disponíveis. “Nós queremos concluir todas as etapas necessárias de estrutura para que o investidor quando adquirir o lote comece a produzir de imediato”, assegurou Ruiter.


De acordo com a Superintendência de Irrigação e Drenagem, ainda estão disponíveis 46 lotes para o pequeno produtor, com até 12 hectares, e cinco lotes empresariais que variam de 28 a 450 hectares. Segundo a Superintendência, a licitação está prevista para ocorrer em fevereiro de 2012.

Levantamento


O secretário executivo também recebeu o produtor do Projeto Manuel Alves Jair Peixoto, que relatou que cinco hectares do seu lote de 11, ficam alagados. Ruiter prometeu fazer um levantamento no local, avaliar a situação e buscar a melhor solução para o problema. Senhor Peixoto declarou que produz, em seis hectares de terra, 200 caixas de maracujá por semana, que são comercializadas no Tocantins.(Ascom Seagro)