Esporte

Foto: Divulgação

Os policiais militares, tenente Sandro, do 6º BPM e o cabo Pereira, do QCG (Quartel do Comando Geral) já retornaram da cidade de São Paulo, onde participaram no dia 31 de dezembro de 2011 da 87ª Corrida Internacional de São Silvestre.

Para o tenente Sandro, que participou pelo segundo ano e baixou seu tempo em mais de 9 min, tendo em 2010 alcançado o tempo de 1h26min e em 2011 o tempo de 1h17min, a corrida vai ficar na história. “Primeiro, pela mudança do percurso que deixou a prova mais pesada, e pelo fato da saída ter sido na Avenida Paulista e a chegada na Avenida Pedro Álvares Cabral, em frente ao Obelisco, onde estão os restos mortais de Casper Líbero, idealizador da Corrida”, disse. Outro fator que o tenente Sandro ressalta que foi também decisivo na corrida foi a forte chuva que caiu justamente no momento da largada e permaneceu bastante forte até o final da prova.

Segundo os atletas, a parte mais difícil do percurso continua sendo os cerca de três quilômetros de subida da Avenida Brigadeiro Luis Antônio, com uma novidade este ano: no final da Brigadeiro não se finalizou com a entrada a direita dos últimos 500m da Avenida Paulista e a corrida continuou pela Brigadeiro em uma descida íngreme de 1,5 Km, onde muitos atletas foram traídos pela empolgação e acabaram se lesionando ou chegando com muita dificuldade ao fim da prova.

Já para o cabo Pereira, que estava se recuperando de uma lesão e participou pela quinta vez da São Silvestre,a prova foi muito boa, “pois mantive a média de tempo dos últimos anos”, disse.

Os militares agradeceram ao Comando Geral da PM-TO e também aos seus comandantes diretos, pelo apoio para o desafio esportivo.