Educação

Mais uma vez o talento dos alunos do Tocantins é destaque na 10ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace). Este ano, três projetos Tocantinenses foram selecionados para a grande final da feira, sendo todos de estudantes da rede estadual de ensino, das escolas: Centro de Ensino Médio Castro Alves (CEM) e Colégio Estadual Dom Alano Marie Du Noday, ambos de Palmas.

Rafael Silva Motta, de 14 anos e aluno 2ºano do CEM Castro Alves é um dos responsáveis pela criação do ‘Robô Brigadista”, um dos projetos finalistas da Febrace 2012. Junto com os colegas Weverson Ferreira de Andrade e Bruna Oliveira Dias, eles criaram um protótipo que pode ajudar no combate às queimadas. “Ele é um robô que tem sistema de combate ao fogo com esguicho de água ou outra substância; tem 22 cm de altura, rodas traçadas e foi projetado para ser construído gastando o mínimo possível. Nós pensamos em algo que pudesse garantir a mobilidade em locais onde brigadistas muitas vezes não podem alcançar”, explica Rafael.

O robô é o primeiro projeto de eletrônica do Estado classificado na feira. A ideia partiu dos próprios estudantes e recebeu todo o apoio da unidade escolar. “Nós buscamos sempre estimular nossos alunos a participarem de concursos como esse, incentivando o protagonismo juvenil e a participação em projetos ambientais. A iniciativa foi deles e nós orientamos com o suporte necessário. São alunos com grande potencial e acredito que eles têm chances de saírem vencedores”, conta a diretora do, Vera Lúcia Falchione.

O projeto “Produção de Hortaliças com Reaproveitamento de Garrafas Pet's”, também do CEM Castro Alves e “Fisioterapia ao Alcance de Todos”, do Colegio Estadual Dom Alano Marie Du Noday, também estão na disputa da Febrace 2012. Todos o s finalistas vão representar o Tocantins entre os dias 12 a 17 de março de 2012, na capital São Paulo.

A Febrace

A Feira Brasileira de Ciências e Engenharia é um movimento nacional de estímulo ao jovem cientista. A feira, que acontece desde 2003, é promovida e organizada pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Podem participar estudantes do 8º ou 9º ensino fundamental, médio e técnico de escolas públicas e privadas de todo o Brasil.

A Febrace desenvolve um importante papel social incentivando a criatividade e a reflexão em estudantes da educação básica, através do desenvolvimento de projetos com fundamento científico, nas diferentes áreas das ciências e engenharia. Confira abaixo os projetos selecionados.

Fisioterapia ao Alcance de Todos
Colégio Estadual Dom Alano Marie Du Noday

Alunos: Allis Karolaynne Vasconcelos Alves, Eduardo Guimarães Labre Mazzei Dos Santos, Leontino, Labre Neto Mazzei dos Santos.

Professores: Paulo Roberto Dalla Barba (orientador), Rosane Moura Costa (coorientadora).

Produção de Hortaliças com Reaproveitamento de Garrafas Pet's
Centro de Ensino Médio Castro Alves

Alunos: Ivan Trindade Mendes Junior, Nareilson Bispo de Sousa, Ana Paula Santos Pereira e Marlize Kohtz.

Professores: Frank (orientador), Carmen Lúcia da Silva Araújo (coorientadora).

Robô Brigadista
Centro de Ensino Médio Castro Alves

Alunos: Weverson Ferreira De Andrade, Rafael Silva Motta e Bruna Oliveira Dias.

Professores: Jonatas Sousa Costa (orientador), Milena de Campos Fernandes (coorientadora). (Ascom Seduc)