Polí­tica

Foto: Divulgação

Em nota encaminhada na manhã desta sexta-feira, 10, o vereador Marcos Paulo Ribeiro Moraes (PR), conhecido como Marcão do Povo, de Gurupi, disse desconhecer as denúncias feitas pela empresa F.N. Trevisan, de falsidade ideológica e suspeita de lavagem de dinheiro. As denúncias, referentes à prestação de contas do então candidato a deputado estadual nas eleições de 2010, foram protocoladas na Justiça Eleitoral de Gurupi na última segunda-feira, 6.

Marcão do Povo considerou as acusações contra ele e seu cunhado, Elivaldo Barbosa Moreno Junior, eleitoreiras, por se tratar de um ano de disputa por Prefeituras e Câmaras Municipais. “Já se passaram dois anos da última eleição e só agora, em ano eleitoral, apareceram essas denúncias”, diz a nota.

Além disso, o vereador diz desconhecer o teor das acusações contra ele e informou que ainda não foi notificado pela justiça eleitoral de Gurupi. “As contas do vereador Marcão do Povo foram todas aprovadas pelo Tribunal Eleitoral do Tocantins, ainda no ano de 2011, e até agora o vereador não foi notificado de tal acusação”.