Polí­cia

Foto: Divulgação

Os turistas que lotaram os hotéis de Gurupi para participar do “Carnaguru 2012” vão levar ótima impressão da festa que contagiou os mais de 50 mil foliões que passaram pela Avenida Goiás este ano. Foram cinco dias sem incidentes no Circuito da Folia que comprometesse a segurança, o que propiciou um dos carnavais mais tranquilos da história do mais tradicional Carnaval do Estado do Tocantins.

A estratégia de segurança elaborada pelo 4º BPM, segundo diretrizes estabelecidas pelo Comando de Policiamento do Interior-CPI, foi bastante eficiente, onde os meios logísticos e de pessoal disponibilizados pelo Comando Geral da PMTO foram empregados de maneira racional e eficaz dando uma enorme sensação de segurança aos foliões que puderam perceber a presença ostensiva do policiamento na Avenida.

Ao final, o balanço da Operação Carnaval 2012 em Gurupi foi bastante positivo, não sendo registrado na Avenida Goiás nenhuma ocorrência. Nas adjacências do Circuito da Folia quatro prisões foram efetuadas no decorrer da festa, sendo 02 (duas) por tráfico de drogas e duas por embriaguez ao volante, o que enalteceu ainda mais a participação efetiva e comprometida dos policiais que executaram o policiamento.

No âmbito geral, a cidade de Gurupi também viveu dias tranqüilos no período de Carnaval, com uma redução de 12,3% no registro ocorrências efetuados pelas rádios patrulhas do serviço ordinário nos bairros, isso comparado ao ano anterior. Pelas estatísticas levantadas, pegando o ano de 2007 como referência, os registros de ocorrências no período carnavalesco já vinham apresentando uma curva descendente, partindo de 108 registros naquele ano para apenas 58 registros em 2012. Ocorrência de vulto em Gurupi este ano no período em tela, apenas uma tentativa de homicídio ocorrida na noite de sábado no Parque Residencial Daniela.

O autor Marcelo Carlos Ramalho foi preso em flagrante pela Polícia Militar portando a arma de fogo utilizada no crime logo após ter efetuado 03 disparos que atingiram a vítima George Alfredo da Silva, que foi socorrida pelo SAMU e passa bem.

O comandante do 4º BPM, Tenente Coronel Uzimael da Cruz Lima atribui o sucesso da operação ao Planejamento Estratégico prévio elaborado pela Unidade, aliado ao comprometimento dos policiais que o executaram. “Todos os meios necessários foram disponibilizados pelo nosso Comandante Geral Coronel Marielton Francisco dos Santos, por intermédio do Comando do Policiamento do Interior. “A organização o evento, na pessoa do Secretário de Cultura Chiquinho Chokolate também atendeu todas as nossas solicitações, onde vale ressaltar a instalação da Plataforma de Observação e Vigilância- POV nas proximidades do palco/camarotes que contribuiu muito para o desenvolvimento da segurança da festa.” Concluiu o comandante. (Ascom PM)