Educação

Foto: Divulgação Os alfabetizados do município de Carolina encheram o auditório da sede da prefeitura Os alfabetizados do município de Carolina encheram o auditório da sede da prefeitura

O Consórcio Estreito Energia (CESTE) por meio da Organização Não Governamental Alfabetização Solidária (ALFASOL), tem contribuído para alavancar os indicadores de aprendizado em sua região de atuação. Somente em 2011, cerca de 3.000 alunos dos municípios de Carolina e Estreito (Maranhão); e de Aguiarnópolis, Palmeiras do Tocantins, Darcinópolis, Filadélfia, e Barra do Ouro (Tocantins) obtiveram a conclusão dos cursos de alfabetização implementados pelo Consórcio e pela Alfasol. A finalidade do projeto é disseminar e fortalecer o desenvolvimento social por meio de práticas educativas sustentáveis.

Parceiros na execução de ações sociais desenvolvidas no entorno da área de abrangência da UHE Estreito, o Ceste e a Alfasol contabilizam exatos 2.989 alunos atendidos em 245 turmas. Para que o curso abrangesse o maior número de estudantes, foram capacitados 180 alfabetizadores e 22 coordenadores de turma nos 12 municípios atendidos no Maranhão e no Tocantins. “O Programa da Alfasol foi ministrado por meio de um método diferenciado e lúdico procurando atender as necessidades de cada aluno e proporcionando educação para pessoas que, em sua maioria, nunca tiveram acesso a uma sala de aula. Por meio do Programa as pessoas se socializaram e se sentiram valorizadas. Consideramos que o projeto atendeu todas as nossas expectativas e objetivos propostos”, pontuou Elizabeth Pacífico, coordenadora de campo do Ceste.

A alfabetizada Arli de Oliveira Soares expressou alegria com a conclusão do curso e a conquista de mais conhecimentos. “Por muitos anos sofri de depressão e, após frequentar as aulas da Alfabetização Solidária, consegui resgatar minha auto-estima”, relatou a estudante.

Segundo a alfabetizadora Jaci da Silva Santos, o Programa da Alfasol permitiu que muitos alunos conseguissem realizar o seu maior sonho, o de escrever uma carta aos seus familiares. “Eles criaram mais um canal de comunicação”, afirmou.

O Ceste apoia dois projetos de alfabetização desenvolvidos em parceria com a Alfasol: o de Alfabetização de Jovens e Adultos e o Projeto Telesol, que funciona na Associação dos Barqueiros de Estreito no Maranhão (ABEMA). Cada projeto tem duração total de 12 meses e oferece, ainda, entrega de óculos e alimentação aos alfabetizandos participantes.

Alfabetização de Jovens e Adultos

O Programa de Alfabetização de Jovens e Adultos tem como objetivo contribuir para a redução das taxas de analfabetismo e com o fortalecimento da política pública da Educação de Jovens e Adultos (EJA) nos municípios de abrangência da UHE Estreito.

Projeto Telesol

O projeto Telesol objetiva o fortalecimento da Educação de Jovens e Adultos por meio de uma proposta voltada para o desenvolvimento de competências e formação da cidadania, garantindo o acesso à educação básica de modo acelerado. Neste segmento, o Programa valoriza a vivência pessoal do aluno, estimulando seu desenvolvimento a partir de habilidades e conhecimentos já adquiridos no seu dia-a-dia. O mesmo atende a um total de 3.069 alunos, distribuídos em 245 turmas, nos municípios de abrangência da UHE Estreito.

Parceria

A parceria com a Alfasol é um dos programas desenvolvidos pelo Ceste no âmbito do Investimento Social Estreito - ISE, que tem como objetivo principal promover o desenvolvimento sustentável nos 12 municípios da área de abrangência UHE Estreito nos aspectos social, ambiental e econômico. Para tanto, são promovidas ações de práticas educativas sustentáveis, contribuindo de maneira relevante para a redução das taxas de analfabetismo na região.

Os municípios beneficiados são Carolina e Estreito, no Maranhão, e Aguiarnópolis, Babaçulândia, Barra do Ouro, Darcinópolis, Filadélfia, Goiatins, Itapiratins, Palmeirante, Palmeiras do Tocantins e Tupiratins, no Tocantins.

Sobre a Alfasol

A Alfasol é uma entidade da sociedade civil criada em 1996 com a missão de disseminar e fortalecer o desenvolvimento social por meio de práticas educativas sustentáveis. A Organização adota um modelo de articulação de parcerias entre todos os segmentos de sociedade e consolida resultados significativos em todo o País. Seu modelo de atuação é reconhecido e premiado no Brasil e no exterior.