Polí­tica

Foto: Divulgação Nilmar diz que jap conversou com Ribeiro sobre seu posicionamento Nilmar diz que jap conversou com Ribeiro sobre seu posicionamento

A ex-prefeita da capital e ex-deputada federal, Nilmar Ruiz (PR) afirmou ao Conexão Tocantins nesta quarta-feira, 7, que está analisando e aguardando as definições para decidir quem apoiará na disputa eleitoral de outubro na capital.

Embora não tenha conseguido a reeleição para deputada federal, Nilmar foi a candidata à Câmara Federal mais votada em Palmas no pleito de 2010. Mesmo estando no PR, partido comandado pelo senador João Ribeiro, Nilmar não aprova e sustenta que não apoiará o candidato do grupo do atual prefeito Raul Filho (PT).

“Não apoio candidato da atual gestão de Palmas com a qual não concordo e não quero a continuidade. A cidade está feia, mal cuidada”, ponderou. Nilmar diz acreditar que o PR possa mudar de posição com relação à composição no grupo de partidos do prefeito Raul Filho. “Tenho conversado com o senador e colocado meu ponto de vista. As coisas não estão definidas ainda”, disse.

A ex-prefeita salientou porém que vai apoiar o candidato que seja o melhor para a capital e não descartou apoio ao adversário das urnas de 2008, o deputado estadual Marcelo Lelis (PV), que possivelmente será o candidato do governo estadual. “Se ele for o melhor candidato não vejo porque não apoiá-lo”, ponderou.

Outro nome que Nilmar diz ver com bons olhos é o do empresário e pré-candidato do PP, Carlos Amastha. “ Ele é um bom candidato, conhece Palmas, investe na capital e quer ver a cidade cada vez melhor”, pontuou. Atualmente Nilmar está à frente do PR Mulher Nacional.

Tanto Ribeiro como a pré-candidata do PR em Palmas, deputada Luana Ribeiro preferem não comentar as articulações do partido no momento. O prefeito Raul que coordena as articulações na sua base de partidos já cobrou, assim como a deputada estadual Solange Duailibe, um posicionamento claro de oposição do PR com relação ao governo estadual o que ainda não aconteceu. A indefinição do PR incomoda os pré-candidatos do grupo de Raul.