Palmas

Foto: Divulgação

A “Hora do Planeta” é uma atitude simbólica que acontece nas principais cidades do mundo a favor do planeta Terra e contra as emissões de poluentes. O ato é apagar as luzes em data e hora pré-determinada durante uma hora.

A “escuridão” é uma maneira de chamar a atenção da sociedade e das autoridades do mundo a respeito do aquecimento global. Vale lembrar que grande parte dos países do mundo gera energia elétrica a partir da queima de combustíveis fósseis como o carvão, gás e diesel.

A “Hora do Planeta” é um projeto da ONG WWF (“World Wildlife Fund”) , sendo implantado pela primeira vez em 2007, em Sidney, Austrália. Em 2008, 371 cidades de 35 países começaram a participar do evento. Em 2009, o evento aconteceu no dia 28 de março, e pela primeira vez, o Brasil participou apagando as luzes das cidades do Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Rio Branco, Belém, Porto Alegre, Curitiba, Manaus, Goiânia, e demais cidades como Itajaí (SC), Ouro Preto (MG), Juazeiro do Norte (CE), entre outros.

A capital Palmas aderiu à Hora do Planeta em 2010 e em 2011 a Prefeitura de Palmas, através da Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Públicos (Semasp),realizou uma serie de atividades relacionadas a preservação do meio ambiente. Neste ano, oevento acontece no dia 31 de março, das 20h30 às 21h30, quandomais uma vez o centro das atenções será o Espaço Cultural José Gomes Sobrinho, que ficará com suas luzes apagadas durante uma hora. (Ascop)